Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Barberá ainda "aborrecido" com os problemas eléctricos

Barberá ainda "aborrecido" com os problemas eléctricos

Héctor Barbera esteve forte no Commercial Bank Grande Prémio do Qatar, subindo até à 13ª posição do 22º lugar da grelha de partida. Contudo, o espanhol não conseguiu deixar de ficar desapontado com os problemas eléctricos que sentiu na sessão de qualificação.

 Os problemas não aconteceram apenas na qualificação, já que a máquina da Avintia Blusens também teve problemas mecânicos nos treinos.

 “Estou um pouco aborrecido porque os problemas eléctricos que tivemos (no sábado) ditaram o nosso resultado na corrida”, disse o espanhol depois da corrida. “Ontem pouco estivemos em pista e apenas hoje conseguimos melhorar um pouco no warm-up. A corrida foi complicada porque o meu principal adversário (o piloto da Power Electronic Aspar Aleix Espargaró) partiu 11 posições à frente. Arranquei bem e dei o máximo, mas não consegui fazer melhor. Foi uma pena, porque se tivesse conseguido chegar perto do Espargaró e do Randy (de Puniet) não sei se não conseguiria passá-los. Mas, pelo menos teria causado problemas”.

 O seu companheiro de equipa Hiroshi Aoyama teve uma noite melhor, assinando o 15º lugar.

“Penso que foi um bom início para nós”, afirmou o piloto japonês. “O fim-de-semana não começou muito bem mas recuperei e no final consegui arrecadar um ponto numa corrida que foi muito difícil. Para começar o Campeonato do Mundo é bom, porque temos potencial para melhorar e sabemos em que pontos é que o podemos fazer”.

Com as máquinas FRT, a Avintia Blusens espera liderar na categoria de CRT.

Tags:
MotoGP, 2013, COMMERCIAL BANK GRAND PRIX OF QATAR, Hector Barbera, Hiroshi Aoyama, Avintia Blusens

Outras actualizações que o podem interessar ›