Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bradl: "Hoje podemos estar contentes"

No início do fim-de-semana do Red Bull Grande Prémio das Américas Stefan Bradl estava de olhos no primeiro pódio da carreira de MotoGP™. Apesar de ter terminado em quinto no domingo, o alemão mantém-se contente.

 

Bradl chegou a rodar em segundo na primeira volta, mas depressa foi batido pelo eventual vencedor Marc Márquez, bem como por Jorge Lorenzo e Cal Crutchlow.
 
“Hoje podemos estar contentes porque fizemos um bom trabalho,” disse Bradl, o único piloto da LCR Honda MotoGP. “Fiz uma boa partida, mas não fui tão agressivo como outros pilotos no início porque, com todo o combustível, sentia a moto a fugir um pouco de frente pelo que decidi manter a calma e concentração.”
 
“A 13 voltas do final o Crutchlow passou-me, ele estava muito rápido a meio da corrida, em especial à entrada das curvas. Não conseguimos igualar a sua prestação à entrada nas curvas, mas tínhamos melhor velocidade à saída. Penso que fizemos o nosso melhor e P5 é o resultado que esperávamos no COTA.”
 
Com este quinto posto Bradl somou os primeiros 11 pontos da época depois de cair e desistir no Grande Prémio do Qatar.

Tags:
MotoGP, 2013, Stefan Bradl, LCR Honda MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›