Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Márquez: "Não quero pensar no título"

Ele deixou Barcelona como o impressionante estreante do MotoGP™. Uma semana mais tarde, Marc Márquez regressou a Espanha como o mais jovem piloto de sempre a conquistar a pole position e a vitória numa ronda da categoria rainha. Como não podia deixar de ser, há já quem faça questões sobre o ceptro, mas o jovem de 20 anos prefere manter os pés bem assentes na terra.

 

Enquanto outros colocaram auscultadores e se deixaram levar pelo entretenimento a bordo na viagem de avião de Austin para Barcelona, via Atlanta, o piloto da Repsol Honda Team optou por ligar o computador. Foi nessa altura que reviu o sucesso conseguido no domingo, frame a frame, acabando depois por esboçar o sorriso que já é a sua imagem de marca quando viu as imagens da bandeira de xadrez no Circuito das Américas.
 
“Agora já é mais real, mas não esperava ganhar apenas na segunda corrida!” disse Márquez aos jornalistas presentes no aeroporto de Barcelona à chegada no Terminal 1. “Estamos a fazer progressos, passo a passo. Agora conhecemos melhor a moto, apesar de não nos podermos esquecer que estamos a caminho dos circuito europeus que todos os outros conhecem bem e de onde já temos dados. Por isso vai ser mais complicado – mas é sempre possível vencer.”
 
Campeão do Mundo de 125cc e Moto2™ nas épocas de 2010 e 2012, respectivamente, Márquez tornou-se agora no mais jovem piloto de sempre a conquistar uma vitória no MotoGP com 20 anos e 63 dias de idade. Ele pode também ser o mais jovem Campeão do Mundo da história na categoria rainha caso conquiste a coroa este ano, ou antes do final da próxima época.
 
“Não quero pensar nisso neste momento,” respondeu rapidamente e com o objectivo de desfrutar o presente com a família. “Para ser franco, penso que ganhar o título este ano é praticamente impossível. Começámos bem, mas estes dois circuitos trataram-me bem. Agora vamos para pistas mais pequenas, que não serão tão fáceis para mim numa máquina de MotoGP – por isso tenho de me habituar rapidamente.”
 
“Garanto-vos que vou dar os 100% em todas as corridas, mas penso que o título será uma luta entre o Jorge (Lorenzo) e o Dani (Pedrosa) este ano – são os mais fortes.”
 
Márquez cai agora ficar em Espanha durante um período mais longo que o habitual durante a temporada já que a 3ª Jornada do Campeonato do Mundo tem lugar no próximo fim-de-semana em Jerez de la Frontera.

Tags:
MotoGP, 2013, Marc Marquez, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›