Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Márquez mais rápido no teste de Jerez

  Marc Márquez marcou o ritmo no teste de um dia desta segunda-feira em Jerez de la Frontera. O piloto da Repsol Honda Team terminou à frente de Cal Crutchlow, da Monster Yamaha Tech 3, de Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, e do vencedor de domingo, Dani Pedrosa.

 

As condições climatéricas mostraram-se muito semelhantes ás do warm up de domingo – bem mais quentes que o habitual para a manhã nesta altura do ano. Com o terceiro pódio consecutivo ainda fresco na memória, Márquez foi o primeiro a ir para a pista com a equipa a trabalhar na electrónica e chassis. Após uma breve liderança de Lorenzo, o estreante passou para o topo da tabela de tempos na segunda hora de trabalho com uma marca de 1m38,824s, que não foi batida até ao final do dia.
 
Crutchlow não teve novos componentes para testar, pelo que se concentrou em modificações da afinação, mas não rodou aos limites uma vez que ainda está a recuperar das duas quedas de sábado. As motos da Yamaha Factory Racing terminaram na terceira e quinta posições, com Valentino Rossi a ficar atrás de Pedrosa, que foi quarto. Os homens da marca dos três diapasões avaliaram duas versões do chassis de 2013 com o objectivo de estabelecerem uma base de afinação sólida; se tiverem tido sucesso isto vai permitir à formação poupar tempo deixando de trocar de quadros durante os fins-de-semana de corridas. Este exercício não tinha sido levado a cabo antes porque os níveis de aderência no Qatar eram baixos, enquanto o Texas apresentava muitos desconhecidos em comparação com o mais familiar traçado de Jerez.
 
A GO&FUN Honda Gresini concentrou nas suspensões frontal e traseira da Showa, com Álvaro Bautista a terminar em sexto, enquanto o companheiro de equipa Bryan Stargin, com a CRT da equipa, rodou com novo chassis. Stefan Bradl, da LCR Honda MotoGP, debateu-se com falta de aderência frontal durante todo o fim-de-semana, pelo que hoje o germânico esperava modificar a geometria da moto com o intuito de encontrar uma boa solução. Ele terminou o trabalho em nono.
 
A ocupar as sétima e oitava posições ficaram Nicky Hayden e Andrea Dovizioso, respectivamente. Os pilotos da Ducati Team, que estavam desejosos por experimentarem o novo chassis GP13 Lab, fizeram comparações de quadros com o actual GP13, enquanto o piloto de Testes Michelo Pirro – que competiu com a nova montada durante o fim-de-semana – não esteve em pista. Bradley Smith completou a lista dos dez primeiros com a segunda montada da Tech 3.
 
Alguns dos pilotos CRT, como os da NGM Mobile Forward Racing, Came IodaRacing Project e Héctor Barberá, da Avintia Blusens, experimentaram a primeira grande melhoria da ECU de MotoGP da Magneti Marelli. O objectivo do equipamento é dar aos pilotos e equipas um interface melhor quando estão a trabalhar na moto, enquanto a máquina em si deverá haver melhorias em termos de controlo de cavalinhos e de éguas, através do corte de potência entre situação de desaceleração e aceleração; o que deve oferecer melhor estabilidade a meio das curvas.
 
Barberá, que foi o melhor CRT em 11º, também avaliou vários novos componentes de chassis, enquanto o companheiro de equipa na Avintia, Hiroshi Aoyama, testou nova combinação de quadro e braço oscilante. Na PBM, Michael Laverty – que no domingo somou os primeiros pontos com a moto construída pela própria equipa – rodou com novas peças e também testou a actualização da ECU, enquanto Yonny Hernandez, com a ART da equipa, procurou resolver vários problemas de afinação, sendo um dos cinco a ir ao chão durante a corrida. Danilo Petrucci foi 14º com a máquina da Came IodaRacing Project, trabalhando na afinação, enquanto o companheiro de equipa Lukas Pesek completou o pelotão de 19 pilotos.
 
Ausentes do testes estiveram a Pramac Racing e a Power Electronics Aspar. Ben Spies, da formação italiana, está a recuperar dos problemas no músculo peitoral, enquanto Andrea Iannone vai ser operado a um problema de pressão muscular no braço em Barcelona na terça-feira.
 
O MotoGP™ volta á pista na sexta-feira da próxima semana com os treinos livres com vista ao Monster Energy Grande Prémio de França, em Le Mans.
 
Veja aqui os resultados completos do teste de segunda-feira em Jerez.

Tags:
MotoGP, 2013

Outras actualizações que o podem interessar ›