Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Viñales defende liderança da Moto3™ em Le Mans

Viñales e Salom chegam à jornada francesa de se destacarem na tabela de pontos, enquanto Rins quer recuperar pontos e voltar ao pódio. Le Mans pode começar a definir uma campanha que até ao momento tem sido muito equilibrada, com três vencedores diferentes em igual número de provas.

 

O contingente da Moto3™ desembarca este fim-de-semana no lendário traçado de Le Mans. Maverick Viñales (Team Calvo) estreia-se como líder do Campeonato, apesar de apenas com quatro pontos de vantagem sobre Luis Salom (Red Bull KTM Ajo). Ambos os pilotos chegam em grande momento de forma ao Grande Prémio Monster Energy de França, mas a pista poderá não ser o local perfeito para a continuação do duelo já que nenhum deles conta com grande palmarés no traçado. Viñales foi ao chão no ano passado a oito voltas do final numa corrida que liderava. Já Salom, nas últimas três temporadas (entre 125cc e Moto3) tem como melhor resultado o 10º posto.
 
Alex Rins (Estrella Galicia 0’0) também foi rápido em todas as corridas já disputadas, mas este fim-de-semana terá de compensar a queda de Jerez, um contratempo que o deixou a 24 pontos do líder. O catalão poderá mesmo ser o novo homem a bater se atendermos à velocidade demonstrada nos traçados já visitados.
 
Jonas Folger (Mapfre Aspar Team), que ficou no mais baixo do pódio em Jerez, tentará melhorar o ritmo de corrida já que na última jornada o germânico apontou o resultado nos três primeiros mais como uma “prenda” (pela queda de Rins) do que uma mostra de competitividade. Em qualquer caso, o piloto da Aspar conta com apenas menos um ponto que o rival que o antecede.
 
Zulfahmi Khairuddin, companheiro de equipa de Salom, ainda não conseguiu tirar todo o partido da KTM e continua em busca do primeiro pódio ano ano. Entre os seus rivais pelas primeiras posições está Brad Binder (Ambrogio Racing), que em Jerez conseguiu o melhor resultado da carreira ao terminar em quarto. O sul-africano é um piloto em ascensão na Moto3, mas conta com adversários perigosos, como é o caso de Miguel Oliveira (Mahindra Racing). O português esteve em muito bom plano nas duas últimas jornadas, mas uma queda em Jerez fez com que perdesse preciosos pontos, estando agora em sétimo da geral e de olhos postos na recuperação. Niklas Ajo (Avant Tecno), Jakub Kornfeil (Redox RW Racing GP) e Efrén Vázquez (Mahindra) também deverão querer lutar pelas posições cimeiras.
 
A prova contará com dois wild cards franceses: Christophe Arciero  (ACR), numa Suter, e Jules Danilo (Marc VDS Racing Team).

Tags:
Moto3, 2013

Outras actualizações que o podem interessar ›