Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa mantém-se na frente em França

Ainda com a vitória no GP de Espanha fresca na memória, Dani Pedrosa foi o mais lesto nas duas sessões de livres desta sexta-feira com vista ao Monster Energy Grande Prémio de França, em Le Mans. O piloto da Repsol Honda Team terminou à frente do companheiro de equipa Marc Márquez e de Valentino Rossi, da Yamaha Factory Racing, num treino onde os cinco primeiros ficaram separados por menos de três décimos.

 

Havia uma sensação de urgência para garantir uma posição nos dez primeiros esta tarde com vista à entrada directa para a Qualificação Q2 devido às previsões de chuva para o famoso traçado gaulês no sábado. Pedrosa liderou o pelotão com 1m34,035s, com os outros primeiros da tarde a baterem a melhor marca da manhã. Atrás ficaram Márquez e Rossi, com o Campeão do Mundo de Yamaha Jorge Lorenzo e Stefan Bradl, da LCR Honda MotoGP a completarem o Top 5.
 
Cal Crutchlow liderou o ataque da Monster Yamaha Tech 3 ao terminar em sexto, enquanto o companheiro de equipa Bradley Smith fez duas incursões idênticas pela gravilha da curva Dunlop em ambas as sessões. Mais azarado esteve Andrea Iannone (Energy T.I. Pramac Racing), que terminou o dia em 12º após ter sofrido acidente à saída da Raccordement, a última curva do circuito. 
 
A lista dos dez primeiros contou ainda com a dupla da Ducati Team, Andrea Dovizioso e Nicky Hayden, Álvaro Bautista (GO&FUN Honda Gresini) e Aleix Espargaró (Power Electronics Aspar), o melhor piloto CRT. O companheiro de equipa e piloto da casa Randy de Puniet terminou o dia em 13º.
 
Michele Pirro substituiu o lesionado Ben Spies na Ignite Pramac Racing bike, enquanto Karel Abraham voltou à acção pela Cardion AB Motoracing. Já a Came IodaRacing mudou de decoração, passando do branco para o preto, enquanto Claudio Corti (NGM Mobile Forward Racing) experimentou nova entrada de ar na sua FTR Kawasaki. 
 
No caso da terceira sessão de treinos se efectuar em condições de piso seco os pilotos terão mais uma oportunidade de confirmar uma posição na Q2 ao terminarem entre os dez primeiros na tabela de tempos combinados. Quem não o conseguir terá de assegurar uma posição entre os dois primeiros da Q1 para ter a possibilidade de lutar pela pole position. A FP3 tem início pelas 9h55 locais de sábado.

Tags:
MotoGP, 2013, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›