Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lüthi luta contra as dores para terminar no pódio

O pódio de Tom Lüthi no Grande Prémio da Catalunha representou não apenas o primeiro resultado no checo nos três primeiros desde a última corrida do ano passado, mas também o primeiro após a forte queda que sofreu em Valência durante os testes de pré-época.

 

Lüthi viu-se forçado a falhar as duas primeiras corridas da época e ainda não está totalmente recuperado do acidente de Valência, aquele que sofreu embate de Ratthapark Wilairot, da Thai Honda PTT Gresini Moto2. O acidente deixou Lüthi com fracturas no braço, ombro e cotovelo direitos. No fim-de-semana passado em Barcelona ele demonstrou forte ritmo nos treinos antes de lutar pela terceira posição na corrida após ter partido do décimo posto da grelha.
 
“Foi um período muito difícil para mim e para a minha equipa,” disse o piloto da Interwetten Paddock Moto2 Racing ao motogp.com. “Antes de mais, tenho de agradecer a todos os que me apoiaram neste momento difícil. Houve momentos mesmo tristes e foi duro voltar, mas temos de lutar pelas coisas. Este pódio não é uma vitória, mas tem o sabor de uma.”
 
“Esta foi a corrida mais importante da época,” acrescentou o manager Daniel Epp. “É claro que sabíamos que ele podia vencer corridas e conquistar pódios, mas com a lesão dele não sabíamos quanto tempo levaria a recuperar. Não creio que as próximas duas corridas sejam muito fáceis porque ele ainda tem problemas em acompanhar um grupo rápido, mas ao longo do Verão vamos ter quatro semanas sem provas e ele vai fazer tudo para estar de volta a 100% em Indianapolis.”
 
“Tenho de manter os dois pés na terra e continuar a lutar," acrescenta Lüthi. "Não foi uma luta contra os dois da frente, porque não tinha hipóteses, mas foi uma luta contra o meu braço. Ainda tenho de recuperar, treinar em casa e fazer muita fisioterapia, mas penso que podemos ficar mais fortes a cada fim-de-semana – é o que espero neste momento.”
 
O suíço, Campeão do Mundo de 125cc de 2005, ainda não terminou fora dos cinco primeiros da Moto2™ desde que a classe substituiu as 250cc a partir de 2010.

Tags:
Moto2, 2013, Thomas Luthi, Interwetten Paddock Moto2

Outras actualizações que o podem interessar ›