Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pilotos da Ducati Team ainda insatisfeitos com as motos

A Ducati Team, Nicky Hayden e Andrea Dovizioso, ainda não se adaptou à GP13, nem à GP13 ‘Lab’ nas comparações consecutivas levadas a cabo no teste pós-corrida de Barcelona, na segunda-feira.

 

Hayden terminou o dia em segundo, mas não demorou a revelar que continua a conseguir tempos por volta mais rápidos com o chassis original GP13.
 
“Estivemos aqui com a moto ‘Lab’, que agora é uma verdadeira moto, mas infelizmente para mim, não consigo encontrar progressos com ele e sou consistentemente mais rápido com a moto normal,” disse o Campeão do Mundo de 2006. “Por um lado é frustrante porque queremos dar um passo e ficar mais perto do tipos da frente, mas não conseguimos isso com a essa moto. Espero que pelo menos isso seja boa informação para os engenheiros.”
 
Dovizioso partilhou dos sentimentos do companheiro de equipa.
 
“Lutámos durante o fim-de-semana porque o desenho da pista é totalmente diferente de Jerez e Mugello,” explicou o italiano. “Os positivos e negativos são mesmo, mesmo poucos. Agora vamos ter de nos reunir para decidir que moto vamos usar em Assen, mas a diferença é muito pequena e infelizmente não é o que precisamos para reduzir a diferença. Vamos tomar a decisão, mas não é algo de muito importante.”
 
Numa nota positiva, Hayden mostrou-se contente com o pneu traseiro Duro fornecido pela Bridgestone para o teste. Este composto em particular está mais próximo do actual Médio e é desenhado para ajudar os pilotos no final da corrida.
 
“Testámos o novo Bridgestone Duro e tem algum bom potencial,” continuou Hayden. “Este fim-de-semana, e praticamente todo o ano, não temos sido capazes de usar o pneu duro – o que torna complicado fazer o fim-de-semana só com pneus macios.”
 
“Para mim, neste fim-de-semana o pneu duro foi um desastre, mas hoje tive boas sensações com o novo Duro, consegui rodar em 42,4s e fazer muitas voltas com ele, pelo que espero que isso lhes dê uma direcção a seguir que nos ajude a usar os pneus traseiros conforme o Verão se for tornando mais quente. Vamos precisar.”
 
Durante o teste Hayden foi um dos apenas dois pilotos a totalizar 73 voltas ao Circuito da Catalunha. Dovizioso fez 56, levando o total da equipa às 129 voltas, quase 610 km.

Tags:
MotoGP, 2013, Nicky Hayden, Andrea Dovizioso, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›