Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Ciabatti dá imagem da actual situação da Ducati

Paolo Ciabatti, Director de Projecto de MotoGP da Ducati, revelou ao motogp.com o que pensa de 2013 até ao momento e do que espera para o resto da época e futuro.

 

O patrão da marca italiana disse abertamente: “Tem sido uma época muito desafiante até ao momento. Tivemos alguns bons resultados de qualificação, mas também alguns desapontantes. Sabíamos que ia ser um ano difícil e estamos a correr e a desenvolver a moto ao mesmo tempo, o que nunca é fácil. Estamos a trabalhar arduamente e acreditamos que temos algo para mostrar no final da temporada.” 
 
No que toca à continuada lesão de Ben Spies, da Pramac Racing Team, e as participações regulares do piloto de testes Michele Pirro como substituto do americano, Ciabatti explicou: “Temos um programa de testes muito completo para este ano. Na verdade, o facto do Ben se ter lesionado fez com que o Michele tenha trazido a moto de desenvolvimento para as corridas. Durante um fim-de-semana de corridas puxa-se muito mais e recolhem-se informações mais importantes que numa situação de testes.”
 
Resumindo o ano até ao momento para os pilotos da Ducati Team, Nicky Hayden e Andrea Dovizioso, bem como os recentes asares de Spies e do seu companheiro de equipa Andrea Iannone, que falhou Sachsenring e Laguna Seca devido a um ombro deslocado, o director da Ducati acrescentou: “Com o Andrea e o Nicky sabemos que eles dão sempre os 100%. No lado da Pramac tivemos alguns problemas com o Ben e ele está a levar mais tempo a recuperar que o inicialmente esperado. Ele voltará em Indy e esperamos que esteja a 100% para o resto da época.”
 
“Infelizmente, o Andrea Iannone sofreu algumas quedas e a última em Sachsenring foi má. Ele está a fazer fisioterapia, pelo que esperamos contar com ele na segunda parte da época sem lesões.”
 
Resumindo a contribuição de Hayden para a história da Ducati MotoGP, Ciabatti acrescentou: “O Nicky tem sido muito valioso para nós durante cinco anos e damos-lhe todo o nosso apoio até ao final do Campeonato. É claro que vamos fazer uma escolha diferente para o próximo ano e estamos a tentar ver ser o Nicky pode ficar connosco num papel diferente, talvez no MotoGP, talvez nas Superbikes. Estamos a trabalhar com ele para o tentarmos manter na família Ducati.”

Tags:
MotoGP, 2013, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›