Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Os números do Red Bull Grande Prémio de Indianápolis

Os números do Red Bull Grande Prémio de Indianápolis

Indianápolis é a primeira corrida da segunda metade da época de 2013 do MotoGP™. Marc Márquez venceu as duas últimas provas em Sachsenring e Laguna Seca, mas esse pode não ser o único número na mente dos rivais...

 

37 – Já se disputaram 37 corridas de MotoGP sem um vencedor americano; a última vez que tal aconteceu foi quando Ben Spies triunfou no Dutch TT de 2011.
 
32 anos – No primeiro dia de treinos do Grande Prémio de Indianápolis passam exactamente 32 anos sobre o dia em que Barry Sheene venceu o GP da Suécia de 500cc em Anderstorp. Esta foi a última vez que um britânico venceu um Grande Prémio na categoria rainha.
 
29 – A vitória de Marc Márquez em Laguna Seca representou o 29º triunfo do espanhol nos Grandes Prémios – tantos quantos Loris Capirossi ao longo de toda a carreira. Mais uma vitória e Márquez iguala o total de triunfos do Campeão do Mundo de 125cc Luigi Taveri.
 
27 – Já se disputaram 27 corridas de MotoGP sem que um piloto americano terminasse no pódio; o último a fazê-lo foi Ben Spies na última corrida de 2011 em Valência. Esta é a mais longa sequência sem pilotos americanos nos três primeiros da categoria rainha dos GPs desde Kenny Roberts Jr. colocou ponto final numa sequência de 33 corridas na primeira jornada de 1999 na Malásia.
 
17 anos – No dia da corrida do Grande Prémio de Indianápolis passam exactamente 17 anos sobre o dia em Alex Crivillé bateu Mick Doohan no GP da República Checa de 1996 por apenas 0,002 segundos. Esta foi a mais curta diferença entre os dois primeiros das 500cc desde a introdução da cronometragem electrónica em 1990.
 
8 – Luís Salom e Maverick Viñales estiveram no pódio nas oito primeiras corridas do ano. Em 65 anos de história dos Grandes Prémios apenas outro piloto conta com mais longa sequência de resultados nos três primeiros no início de época de Moto3/125cc; o feito é da autoria do agora dono de uma equipa, Fausto Gresini, que venceu dez das 11 primeiras corridas de 125cc da época de 1987.
 
7 – As últimas sete corridas de MotoGP nos Estados Unidos foram ganhas por pilotos Honda. A última vez que a vitória nos EUA foi para um piloto não Honda foi em 2010, quando Jorge Lorenzo venceu em Laguna Seca com a Yamaha.
 
5 anos – No dia da qualificação do GP de Indianápolis passam exactamente cinco anos sobre o dia em que Stefan Bradl venceu o GP da República Checa de 125cc, em 2008, para se tornar no sexto filho de um piloto de Grandes Prémios a triunfar em GPs.
 
3 – Os pilotos Honda venceram a corrida de MotoGP em Indianápolis nos últimos três anos.
 
3 - Indianápolis é um de apenas três dos actuais circuitos onde Jorge Lorenzo não partiu do pódio em qualquer classe dos Grandes Prémios; os outros dois são Austin e Valência.
 
2 – Marc Márquez venceu as duas corridas que já disputou nos Estados Unidos em 2013. Se também ganhar em Indianápolis torna-se no terceiro piloto na história a vencer três corridas da categoria rainha num só país no mesmo ano. Os outros pilotos a terem atingido este feito são Jorge Lorenzo (Jerez, Barcelona e Valência em 2010) e Casey Stoner (Barcelona, Aragon e Valência em 2011), ambos os casos a terem lugar em Espanha.
 
1 - Com Aleix Espargaró a não somar pontos no GP dos Estados Unidos, o único piloto a ter somado pontos em todas as corridas já disputadas este ano é Andrea Dovizioso.

Tags:
MotoGP, 2013, RED BULL INDIANAPOLIS GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›