Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo terceiro após intensa batalha com as Honda

Jorge Lorenzo (Yamaha Factory Racing) lutou durante todo a prova para terminar no terceiro lugar no bwin Grande Prémio da República Checa deste domingo. O companheiro de equipa Valentino Rossi foi quarto.

 

O Campeão do Mundo em título protagonizou grande início de corrida, saltando do quinto posto da grelha para a liderança na primeira curva. Apesar de ter chegado a contar com uma vantagem de pouco mais de um segundo, os rivais Marc Márquez e Dani Pedrosa não tardaram a colar-se à roda da Yamaha M1.
 
Lorenzo conseguiu manter-se na frente até sete voltas do final, altura em que Márquez passou para primeiro, garantindo depois a posição de forma definitiva a quatro voltas do final. Uma volta depois foi Pedrosa quem se impôs e obrigou ao maiorquino a cruzar a meta em terceiro, a 2,2 segundos de Márquez.
 
"Creio que fiz a melhor partida de toda a minha carreira de MotoGP, ganhei quatro posições e fui muito rápido nas primeiras voltas. Mas depois não consegui manter a distância sobre o segundo e, aos poucos, foram-me me apanhando,” explicou.
 
“Sobre todo no travagens e nas rectas eram mais rápidos que eu, pelo que não podia fazer muito mais. Fiquei um pouco nervoso quando mostraram a bandeira branca porque é muito perigoso rodar com slicks quando começa a chover; mas por sorte conseguimos terminar com a pista seca,” detalhou Lorenzo.
 
“Quando o Dani me passou fiquei demasiado para trás para recuperar e não tinha pneu traseiro nem condições físicas depois de tudo o que dei na corrida. Contudo, o Campeonato ainda não está perdido, mas mais complicado.”
 
Com este pódio Lorenzo mantém a terceira posição da geral, a 44 pontos de Márquez e 18 de Pedrosa, segundo.

Tags:
MotoGP, 2013, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›