Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Paciência dá vitória a Salom em Brno

Paciência dá vitória a Salom em Brno

O líder da classificação da Moto3™, Luís Salom, regressou às vitórias ao levar a melhor sobre todos os rivais no bwin Grande Prémio da República Checa deste domingo, conquistando o quinto triunfo do ano. Depois de assumir a liderança na última volta, o piloto Red Bull KTM Ajo logrou abrir pequena vantagem enquanto quatro rivais se debatiam atrás de sim.

 

Foi com alguma chuva que as luzes se apagaram em Brno, com Alex Rins (Estrella Galicia 0,0) a partir da pole pela terceira vez consecutiva. Maverick Viñales (Team Calvo) foi o primeiro a liderar antes de Salom passar para a frente na Curva 3; uma luta que se desenrolou até à 19ª e última volta, com o companheiro de equipa de Rins, Alex Márquez, e Jonas Folger (Mapfre Aspar Team Moto3) também a terem uma palavra a dizer.
 
À entrada para a última volta a dupla da Estrella Galicia 0,0 ocupava as duas primeiras posições e estava a caminho de repetir o resultado da semana passada em Indy. Contudo, e já com reputação estabelecida de avaliar muito bem os momentos finais das corridas, Salom levou a melhor sobre os dois rivais nas Curvas 1 e 3, respectivamente. Foi nesta altura que Márquez e Rins começaram a prejudicar-se mutuamente, com Viñales a passá-los por fora na Curva 4 antes de Folger ir para a frente da dupla para reclamar o mais baixo do pódio na penúltima curva da corrida.
 
Salom, que de forma impressionante garantiu também a melhor volta da corrida apesar de fractura no calcanhar, conquistou a quinta vitória da campanha e primeira desde Assen, cruzando a meta com meio segundo de margem sobre Viñales, assim garantido que este continua na segunda posição da geral apesar de ser o único piloto que ainda não falhou um resultado nos três primeiros este ano. Já para Folger foi o segundo pódio da época.
 
Já Miguel Oliveira (Mahindra Racing) não conseguiu melhor que o nono posto final, enquanto o brasileiro Eric Granado (Mapfre Aspar Team Moto3) foi 22º. Por seu lado, foram cinco os pilotos que não terminaram: Niklas Ajo (Avant Tecno) ficou de fora na primeira volta, com Isaac Viñales (Ongetta-Centre Seta) e Juanfran Guevara (CIP Moto3) a não tardar para desistir também. Os outros dois a não chegarem ao final foram Brad Binder (Ambrogio Racing) e Lorenzo Baldassarri (GO&FUN Gresini Moto3), por queda na 13ª volta.
 
A Moto3™ continua com o Hertz Grande Prémio de Inglaterra no próximo fim-de-semana, em Silverstone, com Salom a contar com 14 pontos de margem sobre Viñales quando faltam disputar sete corridas.

Tags:
Moto3, 2013, bwin GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›