Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Os números do Hertz Grande Prémio de Inglaterra

Os números do Hertz Grande Prémio de Inglaterra

São dois os pilotos que vão chegar à centena de corridas no MotoGP™ este fim-de-semana em Silverstone. Mas os números que talvez mais preocupam os rivais são os da carreira de Marc Márquez...

 

100 – No Grande Prémio de Inglaterra Andrea Dovizioso fará a 100ª partida na classe de MotoGP. Dovizioso não falhou uma prova desde que subiu à categoria rainha em 2008. Ele já correu com três motos diferentes na classe de MotoGP – uma Honda 800cc, uma Yamaha 1000cc e uma Ducati 1000cc. Dovizioso mostrou grande consistência desde que está na categoria rainha e somou pontos em 89 das 99 corridas de MotoGP em que já participou.
 
100 – Efren Vazquez, da Moto3, vai fazer o 100º Grande Prémio da carreira no GP de Inglaterra, em Silverstone. Vazquez estreou-se nos Grandes Prémios em Inglaterra, em Donington Park, na classe de 250cc em 2207. Depois de completar o resto da época de 2007 nas quarto de litro, ele passou para a classe de 125cc em 2008 e tem competido na categoria mais baixa desde então. Vazquez celebra o 27º aniversário na segunda-feira após o GP de Inglaterra.
 
49 – A vitória de Marc Márquez em Brno representou o seu 49º pódio em Grandes Prémios. Um resultado nos três primeiros em Silverstone, com 20 anos e 196 dias de idade, fará dele o mais jovem piloto de sempre a atingir os 50 pódios em Grandes Prémios, retirando o recorde a Dani Pedrosa, que tinha 21 anos e 162 dias de idade quando conquistou o 50º pódio.
 
37 anos - O último piloto britânico a vencer um Grande Prémio da categoria rainha em casa foi Tom Herron, no último Isle of Man de 1976, há 37 anos.
 
31 – A vitória de Marc Márquez em Brno foi a 31ª vez que esteve no mais alto do pódio de Grandes Prémios – o mesmo número de triunfos que Kork Ballington e Eddie Lawson atingiram ao longo das suas carreiras. Mas uma vitória para Márquez e ele fica em 18º na tabela de vencedores de Grandes Prémios de todos os tempos, com apenas menos uma que Geoff Duke.
 
26 - O 13º lugar de Dominique Aegerter no GP de Moto2™ de Brno foi a 26ª corrida consecutiva nos pontos. A última corrida em que ficou a zeros foi no ano passado no Qatar quando terminou em 18º. Aliás, essa foi a única vez em 36 corridas de Moto2 em que Aegerter não somou pontos.
 
24 – O belga da Moto2 Xavier Simeon faz 24 anos no dia da qualificação em Silverstone.
 
18 – No GP da República Checa Mika Kallio tornou-se no 18º piloto diferente, representando dez nações, a vencer na classe de Moto2 desde a introdução da categoria em 2010.
 
10 – Maverick Viñales, da Moto3, esteve no pódio nas dez primeira corridas do ano. Isto é algo que só um piloto conseguiu em 65 anos de história dos Grandes Prémios: Fausto Gresini, que venceu as dez primeiras das corridas de 125cc de 1987. Gresini não terminou a 11ª corrida de 1987, o que faz com que Viñales possa estabelecer novo recorde se terminar nos três primeiros em Silverstone.
 
1 – Apenas um piloto britânico venceu um só Grande Prémio, feito conseguido por Ian McConnachie em Silverstone, na classe de 80cc em 1986.

Tags:
MotoGP, 2013, HERTZ BRITISH GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›