Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Redding vence GP em casa

O líder do Campeonato da Moto2™ Scott Redding venceu o Grande Prémio em casa, em Silversonte. O piloto da Marc VDS Racing Team, que liderou desde a partida, foi ajudado por uma intensa luta pela segunda posição no final da prova. O homem do pódio Takaaki Nakagami e Tom Lüthi completaram o pódio.

 

No sábado Nakagami reclamou a segunda pole no espaço de uma semana, mas foi Redding quem partiu melhor para assumir a liderança quando as luzes se apagaram. O britânico teve a sorte da luta pelas restantes posições do pódio terem sido uma ajuda para conquistar a primeira vitória em casa desde 2008, ano em que se estreou a vencer na classe de 125cc, em Donington Park.
 
O duelo durante toda a corrida entre Nakagami (Italtrans Racing Team) e Lüthi (Interwetten Paddock Moto2 Racing) contou com várias trocas de posições, principalmente na última volta, quando a dupla trocou de lugares nas curvas Vale e Club antes de entrarem na zona de Brooklands, no final volta, com tudo. O nipónico acabou por levar a melhor sobre o suíço, com Tito Rabat (Tuenti HP 40) e Dominique Aergerter (Technomag carXpert) a terminarem muito próximos. O companheiro de equipa de Redding e vencer de Brno, Mika Kallio, foi sexto.
 
Já o candidato ao título Pol Espargaró teve um domingo difícil. Após queda no início do Warm-Up, o piloto da Tuenti HP 40 partiu de sexto da grelha e perdeu terreno nos momentos iniciais da corrida – chegando mesmo a rodar em 11º. Ele lutou para recuperar até ao oitavo lugar, atrás de Johann Zarco (Came Iodaracing Project), mas perdeu 17 importantes pontos para Redding quando faltam disputar seis corridas.
 
Três pilotos não terminaram a corrida. Alberto Moncayo (Argiñano & Gines Racing) foi o primeiro a cair, enquanto o wildcard da casa Gino Rea (Gino Rea Montaze Broz Racing, já com o quarto metacarpo da mão direita partido) e Xavier Simeon (Maptaq SAG Zelos Team) caíram nas últimas duas voltas.
 
Na JiR Moto2, o australiano Jason O’Halloran terminou em 25º em substituição do francês Mike di Meglio, que se lesionou em Brno, enquanto Dani Rivas (Blusens Avintia) e Steven Odendaal (Argiñano & Gines Racing) não alinharam na corrida na sequência da colisão no final do Warm-Up desta manhã.
 
A Moto2™ volta à acção dentro de duas semanas com o Aperol GP de São Marino e da Riviera de Rimini, no Misano World Circuit Marco Simoncelli. Scott Redding – que se tornou no primeiro britânico a vencer em casa na categoria intermédia desde o triunfo de Tom Herron no Isle of Man TT de 1976 – vai para Itália com uma vantagem de 38 pontos sobre Pol Espargaró.

Tags:
Moto2, 2013, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›