Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Espargaró: "Lutei para me manter concentrado"

Nem mesmo um dedo partido e dores no pescoço foram capazes Aleix Espargaró de rodar na frente do pelotão das CRT no Hertz Grande Prémio de Inglaterra, com o piloto da Power Electronics Aspar a terminar em 10º depois de ter partido de 12º. Contudo, o espanhol admite que teve a mente noutro sítio durante a maior parte do fim-de-semana de Silverstone.

 

As lesões contraídas numa queda a alta velocidade à entrada da Becketts durante o último treino na manhã de sábado. Isto forçou o catalão a falhar a qualificação, se bem que – ao ter recebido luz verde para correr – partiu do 12º posto da grelha em virtude dos rápidos tempos apresentados nos livres e que levaram o homem da ART directamente para a Q2.
 
“Este fim-de-semana, como em Brno, lutei para me manter concentrado,” admitiu Espargaró. “Cometi um grande erro na última sessão de treinos. Logo depois de sair das boxes, com pneus frios, sofri a queda que me deixou com um mindinho fracturado e uma contusão no pescoço. A equipa médica fez um grande trabalho, como em Indianápolis. Graças à injecção de analgésicos quase não senti desconforto na corrida e acabei por me sentir muito melhor que o esperado.”
 
“Tive de dar mais que os 100% para ser o melhor piloto CRT. Estávamos dez segundos à frente das outras CRT, mas gostava de ter ficado mais perto das motos de MotoGP. Vamos continuar a trabalhar para Misano com isto em mente.”
 
Fora da pista Espargaró continua a avaliar as opções para a época de 2014. O piloto de Granollers já explicou que vai ficar com a Aspar, que irá competir com pacote Aprilia totalmente renovado, ou trocará para a NGM Mobile Forward Racing, já que a formação Italiana vai alugar motores à Yamaha.

Tags:
MotoGP, 2013, Aleix Espargaro, Power Electronics Aspar

Outras actualizações que o podem interessar ›