Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa reconhece que diferença tem de ser reduzida

Pedrosa reconhece que diferença tem de ser reduzida

Dani Pedrosa tem o claro objectivo de reduzir a diferença no Campeonato para o companheiro de equipa Marc Márquez, numa altura em que a dupla da Repsol Honda Team ruma a Misano este fim-de-semana.

 

Com 12 Grandes Prémios já disputados e seis por realizar em 2013, o estreante Márquez lidera a tabela com 30 pontos de margem, o que significa que continuará a ser o líder quando o Campeonato chegar a Aragão, independentemente do que se passar na corrida de São Marino. Com isto em mente, Pedrosa compreende perfeitamente que tem de reduzir a diferença o mais depressa possível.
 
“Foi um pouco desapontante depois de Silverstone porque sabíamos que tínhamos velocidade e ritmo de corrida para lutar pela vitória,” diz o vice-Campeão de 2012. “Seja como for, temos de aprender com os erros e seguir em frente. Misano é uma pista traiçoeira e o nível de aderência é sempre um desafio, mas gosto de correr lá. Tive bons resultados no passado no circuito, mesmo com um dia de corrida para esquecer no ano passado! Este ano chegamos confiantes e apostados em reduzir a margem de pontos para o Marc no campeonato.”
 
Para Márquez o objectivo pré-corrida não sofreu alterações e o ombro esquerdo do jovem de 20 anos – deslocado com queda no Warm-Up do GP de Inglaterra – está agora em melhor forma.
 
“Já me sinto muito melhor desde o meu acidente em Silverstone, pelo que espero estar quase a 100% neste fim-de-semana!” começa.
 
“Vou chegar a Itália para o fim-de-semana de corridas um pouco mais tarde que o habitual uma vez que vou usar o tempo para fazer mais fisioterapia ao ombro. Misano tem muitas travagens e é uma pista mais pequena que as outras do calendário, pelo que será interessante rodar com uma máquina de MotoGP aqui. Uma vez mais, o objectivo é começar a trabalhar como sempre: concentrar-me no domingo e fazer a melhor preparação possível.”
 
Até ao momento este ano Márquez terminou no pódio em todas as corridas, excepção feita ao primeiro evento em Itália, disputado em Mugello a 2 de Junho, altura em que um erro não forçado viu o catalão sofrer queda quando rodava em segundo, à frente do companheiro de equipa.

Tags:
MotoGP, 2013, GP APEROL DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI, Marc Marquez, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›