Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo elogia volta "impressionante" de Márquez

Jorge Lorenzo esperava mais da qualificação desta tarde de sábado em Misano. Apesar de ter garantido o segundo tempo, o actual candidato ao título ficou a menos de meio segundo do líder da classificação Marc Márquez.

 

Lorenzo venceu o GP Aperol de São Marino e Riviera di Rimini nos últimos dois anos, mas no sábado estava apostado na primeira pole em Misano desde 2008.
 
“Esperava lutar menos este fim-de-semana e ser mais rápido que no ano passado, mas não consegui e não melhorei muito a moto,” admitiu o piloto da Yamaha Factory Racing. “Melhorámos um pouco, mas não o suficiente para estarmos mais perto do Marc. Ele fez uma volta impressionante. Estamos a lutar para parar a moto em travagem e está a patinar mais que o normal em aceleração – foi por isso que a volta não foi boa.”
 
“Vou tentar fazer boa partida amanhã e talvez a melhor estratégia seja seguir o Marc e ver qual a prestação ao longo da corrida.”
 
O colega de equipa de Lorenzo, Valentino Rossi, vai partir do terceiro posto, isto numa prova em que ele e o espanhol estão a estrear a transmissão “seamless”.
 
“Ficámos satisfeitos com o dia de ontem e de hoje porque trabalhámos muito bem durante os treinos; estive sempre forte e melhorámos a afinação de forma gradual,” explica o nove vezes Campeão do Mundo. “Esta tarde a minha moto estava fantástica; tinha uma grande afinação, com muita aderência. Não apanhei tráfego com o segundo pneu; puxei muito forte a partir da primeira curva, com grandes sensações com a moto, e melhorei muito o meu tempo.”
 
“Estou contente porque é muito importante partir da primeira linha amanhã já que o Marc e o Dani (Pedrosa) estão muito rápidos e o Jorge também está muito forte e rápido. Quero terminar no pódio amanhã, por isso é muito importante partir com eles e lutar pelo resultado. Quero fazer uma grande corrida e terminar nos três primeiros!”
 
A seis corridas do final da época, incluindo a deste fim-de-semana em Misano, Lorenzo e Rossi ocupam os terceiro e quarto postos no Campeonato do Mundo de Pilotos a 39 e 77 pontos de Márquez, respectivamente.

Tags:
MotoGP, 2013, Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›