Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Repsol compensa pégada de carbono no MotoGP™

Dependente de verificação oficial, a Repsol compensou as suas emissões referentes ao Campeonato do Mundo de MotoGP™ de 2012, atingindo a sua meta de equilibrar as emissões globais a zero, contribuindo assim para maior estabilidade ambiental. Este ano a Repsol comprometeu-se a atingir o mesmo resultado.

 

Na medição da pégada de carbono da época de 2012 foram tidos em linha de conta todos os gases de estufa das duas máquinas da Repsol Honda Team, de Dani Pedrosa e Casey Stoner, no MotoGP™, e da montada de Marc Márquez na Moto2™, patrocinada pela Repsol. Além disso, foram também tidos em linha de conta os seguintes factores: transporte do pessoal e fretes entre eventos, estadias em hotéis e consumo eléctrico nos circuitos (na garagem, hospitality e VIP Village).
 
O processo de compensação é levado a cabo através da compra voluntária de determinadas quantidades de créditos de carbono a um projecto de um país em vias de desenvolvimento. A Repsol compensou as suas emissões no Campeonato do Mundo de 2012 com os créditos de carbono equivalentes aos de um projecto do Brasil. Com esta iniciativa a companhia ajudou a suportar uma fábrica de tijolos, o que contribuiu para reduzir a necessidade de desflorestação para manter a unidade em funcionamento.
 
Todos os dados foram verificados pela British Standard Institution (BSI) em concordância com os padrões internacionais. A iniciativa faz parte do compromisso da companhia para contribuir para a protecção ambiental com todas as suas acções a terem por objectivo a sustentabilidade das suas actividades.

Tags:
MotoGP, 2013, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›