Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Crutchlow pede melhor prestação do motor

Crutchlow pede melhor prestação do motor

Cal Crutchlow ficou insatisfeito com o sexto posto conseguido no GP de Aragão de domingo depois de ter partido de sétimo da grelha; um fim-de-semana frustrante.

 

Após o final das 23 voltas de corrida Crutchlow sublinhou que ele e o companheiro de equipa Bradley Smith perderam muito terreno no MotorLand Aragón, em particular na recta oposta de 1 km.
 
“Uma corrida inútil para mim,” disse o piloto da Monster Yamaha Tech3 ao motogp.com. “Devíamos ter ficado mais à frente, mas fomos traídos pelo motor. Não tínhamos velocidade na pista e sem motivo aparente. Tivemos um motor totalmente novo esta manhã (domingo), mas lutámos durante todo o fim-de-semana a perder em média 10 a 13 km/h para as Honda e seis ou sete para as outras Yamaha. Demos o nosso melhor e nunca funcionou. Creio que, se tivéssemos tido melhor prestação do motor, teríamos um melhor resultado, mas dei o meu melhor.”
 
Próxima prova no calendário é o GP da Malásia, no Circuito Internacional de Sepang, que tem duas longas rectas paralelas uma à outra e unidas por um gancho. Quando questionado sobre se estava desejoso pela 15ª jornada Crutchlow disse:
 
“Nem por isso. Se não conseguirmos encontrar alguma velocidade com o motor, não.”
 
A quatro provas do final da época de MotoGP™ de 2013, o britânico Crutchlow – que somou quatro pódios este ano, mas ficou foram dos cinco primeiros em quatro corridas consecutivas – ocupa o quinto posto no Campeonato de Pilotos.

Tags:
MotoGP, 2013, GRAN PREMIO IVECO DE ARAGÓN, Cal Crutchlow, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›