Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Scassa na grelha até ao final da época

Scassa na grelha até ao final da época

O estreante italiano do MotoGP™ Luca Scassa vai ficar na grelha durante o resto da temporada de 2013 depois de se ter estreado no MotorLand Aragón no fim-de-semana passado.

 

Scassa, de 30 anos, foi o escolhido pela Cardion AB Motoracing para substituir o lesionado Karel Abraham durante o resto da época dado que o piloto tem de ser operado ao ombro na sequência da queda que sofreu na primeira sessão de treinos para o Grande Prémio de Indianápolis em meados de Agosto. Antes do fim-de-semana de Aragón a formação checa explicou que o futuro de Scassa dependeria da sua primeira prestação; a continuação na equipa foi confirmada após ter corrida de 22º na grelha rumo ao 17º posto final, falhando os pontos na estreia por apenas duas posições, isto apesar de ter estado envolvido num incidente.
 
“No início do fim-de-semana o Luca não tinha experiência e, por ser mais pesado e mais alto que o Karel, precisávamos de uma afinação diferente para a moto,” explica Marco Grana, Mecânico Chefe da Cardion AB Motoracing. “Tivemos de fazer as coisas passo a passo e conseguimos melhorias. O Luca está muito animado com a moto e estamos contentes com o seu resultado. No início da corrida houve um azar, quando o Petrucci e o Laverty colidiram à frente dele e perdeu uns dez segundos. Contudo, conseguiu recuperar depressa e começou a passar pilotos à sua frente. O facto do Luca ter conseguido trocar da Supersport para uma das motos mais fortes do mundo é um bom resultado e boa base para as corridas que temos pela frente e nas quais o Luca estará connosco.”
 
Scassa também ficou muito contente com a sua estreia com uma ART.
 
“Tenho de admitir que é muito, muito duro,” comentou de imediato. “Tenho uma luxação no ombro esquerdo apenas por causa das muitas curvas para a esquerda. De todas as formas, estou muito contente – é uma experiência incrível para mim e tenho de agradecer ao Karel Abraham (Senior) que decidiu dar-me esta oportunidade. Estou muito satisfeito com o resultado; não fizemos maus tempos por volta e foi uma pena ter perdido tanto tempo por causa da colisão entre o Petrucci e o Laverty. Contudo, dei o meu melhor para apanhar os pilotos à minha frente. Estou desejoso por mais um fim-de-semana de corridas.”
 
A confirmação da continuação de Scassa com a formação de Brno vai agora levar o italiano a competir nas provas orientais na Malásia, Austrália e Japão antes da jornada de encerramento da época em Valência, a 10 de Novembro. Abraham, enquanto isso, será operado ao ombro no início deste mês.

Tags:
MotoGP, 2013, Luca Scassa, Cardion AB Motoracing

Outras actualizações que o podem interessar ›