Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Trabalho para Rossi e Lorenzo

Após as duas primeiras sessões de livres com vista ao Shell Advance Grande Prémio da Malásia o antigo Campeão do Mundo Valentino Rossi e o actual detentor do ceptro Jorge Lorenzo tem de encurtar distância para a frente para poderem igualar o ritmo dos rivais da Honda.

 

Rossi fez algumas melhorias durante as duas sessões de treinos para terminar em dia em quarto na tabela de tempos combinados. O italiano retirou 0,5s à sua melhor marca para terminar a 0,115s de Cal Crutchlow, terceiro, mas ainda ficou a quase um segundo de Dani Pedrosa no final do dia.
 
“Para mim, pessoalmente, esta tarde em particular foi um bom treino porque melhorámos muito a afinação da moto,” afirmou Rossi. “Melhorámos com o pneu novo e posso rodar com bom ritmo com o pneu velho, pelo que me sinto melhor com a moto. É claro que temos de melhorar, mas as sensações da tarde foram boas. Parece que os nossos rivais estão um pouco mais rápidos que nós, mas vamos dar os 100% porque nas últimas corridas o Jorge está sempre a lutar na frente. Vai ser complicado, mas temos de nos concentrar na moto. Não estamos muito longe, mas temos uma pequena desvantagem a anular.”
 
Lorenzo teve um primeiro dia mais duro. O maiorquino lutou para encontrar uma boa afinação para a pista malaia com os problemas de aderência a meio da curva a afectarem os tempos finais. Ele completou o primeiro dia em quinto da geral a 0,085 do colega de equipa Rossi.
 
“Estamos a investigar o que se passou hoje porque não tinha confiança a meio das curvas e também em aceleração,” disse Lorenzo desapontado. “As rodas patinaram muito e a moto está muito agressiva, pelo que temos de vero que podemos mudar para amanhã para tentarmos recuperar as boas sensações com a moto.”

Tags:
MotoGP, 2013, Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›