Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo voa para recorde da pole em Phillip Island

Lorenzo voa para recorde da pole em Phillip Island

O Campeão do Mundo Jorge Lorenzo tornou-se no homem mais rápido de sempre a rodar com uma moto no circuito de Phillip Island nesta tarde de sábado ao conquistar a pole par ao Tissot Grande Prémio da Austrália de domingo. O colega de equipa Valentino Rossi garantiu a segunda presença consecutiva na primeira linha da grelha.

 

A sessão de 15 minutos começou de forma normal para Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, com o espanhol a ser o primeiro em pista, mas logo depois deu-se o drama quando colidiu com uma gaivota em Lukey Heights. Ainda assim, Lorenzo não reduziu o ritmo e disparou para a pole provisória com uma marca de 1m28,681s, batendo o anterior recorde do traçado assinado por Casey Stoner em 2008.
 
O rival Márquez não tardou a responder e relegar Lorenzo para segundo quando este regressou à boxe para a primeira troca de pneus a oito minutos do final da sessão. Lorenzo voltou à pista a quatro minutos do final e, sem gaivotas para o travarem, voou para uma marca abaixo do segundo 28 com 1m27,899s, o que lhe valeu a pole e novo recorde de volta mais rápida de sempre à pista australiana com uma moto.
 
O colega de equipa Rossi teve mais uma sessão bem sucedida, garantindo a segunda presença consecutiva na primeira linha com o terceiro posto da grelha para a corrida de amanhã. O nove vezes Campeão do Mundo foi o último piloto a deixar as boxes no início da sessão, esperando para ter a pista um pouco mais limpa para fazer o seu tempo. As primeiras voltas com o pneu macio foram o suficiente para o deixarem a 0,817s da pole provisória, mas depois de uma rápida troca de pneus melhorou muito o ritmo para rodar em 1m28,647s.
 
“Tive um impacto com uma ave nas primeiras voltas com a moto, felizmente conseguimos tira-la e fazer uma segunda tentativa sem passageiro; talvez por isso tenha sido um pouco mais rápido e capaz de garantir a pole,” disse Lorenzo após a qualificação. “Estou muito contente porque puxei ao limite para fazer a volta e consegui um tempo muito bom. Temos alguns problemas com o pneu porque o novo asfalto provoca muito grão; veremos se há decisões da Dorna, ou da Bridgestone amanhã para a corrida. Se conseguirmos uma boa partida vamos tentar isolar-nos desde o início.”
 
“Voltar a Phillip Island com novo piso é fantástico, em particular com este tempo e com estas temperaturas é um grande prazer estar de novo na M1,” adianta Rossi. “Conseguir puxar a 100% com o pneu frontal macio é uma sensação fantástica. Estou muito contente com o resultado, é a segunda primeira linha consecutiva. Parece que nas últimas corridas encontrámos uma solução melhor para a qualificação porque no início da época lutei muito. Sei que a corrida é amanhã e que Marc, o Jorge e o Dani vão ser muito difíceis de bater. Tenho de dar o máximo, encontrar boa afinação e pneu e tentar lutar pelo pódio.”

Tags:
MotoGP, 2013, TISSOT AUSTRALIAN GRAND PRIX, Jorge Lorenzo, Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›