Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Bradl espera estar a 100% em Valência

Stefan Bradl acredita que vai voltar a 100% para o final da época no Grande Prémio de Valência depois de ter terminado em quinto no domingo, no Japão, apesar das dores.

Antes da ronda de Motegi Bradl esteve fora de acção durante duas corridas na sequência de fractura no tornozelo contraída em queda no Treino Livre 4 com vista ao Grande Prémio da Malásia. Ele tentou correr em Phillip Island, na Austrália, mas ainda tinha demasiadas dores.
 
No Japão, o piloto da LCR Honda MotoGP terminou o Grande Prémio em quinto apesar ter sido batido por Álvaro Bautista, da GO&FUN Honda Gresini.
 
“Penso que podemos estar contentes porque foi um fim-de-semana estranha: fomos directamente para a qualificação, as condições era de chuva e tivemos apenas um treino antes da corrida,” explicou Bradl ao motogp.com. “Foi estranho e difícil para todos, mas conseguimos fazer um bom fim-de-semana e estou contente.”
 
“Infelizmente, cometemos dois erros em travagem. Foi por isso que o Bautista aumentou a diferença e não me consegui aproximar mais. Mas penso que o quinto lugar é bom e que posso estar satisfeito, principalmente tendo em conta que estive no hospital há duas semanas – por isso, um bom regresso.”
 
Mais, o germânico espera estar de novo a 100% para a última corrida da época.
 
“Senti algumas dores durante a corrida, quando a minha perna direita estava como que a latejar, mas penso que vou estar outra vez a 100% em Valência,” resumiu.
 
A última prova da época em Valência tem lugar a 10 de Novembro. No ano passado Bradl não terminou a corrida disputada no circuito Ricardo Tormo.

Tags:
MotoGP, 2013, Stefan Bradl, LCR Honda MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›