Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden nono vindo da primeira linha da grelha

Nicky Hayden ficou naturalmente desapontado por ter caído para o nono posto no Grande Prémio do Japão depois de ter partido da primeira linha da grelha no Twin Ring Motegi.

A terceira posição do piloto da Ducati Team na qualificação de sábado representou a sua estreia na primeira linha da grelha desde o Grande Prémio de Espanha de 2012, em Jerez. Contudo, o americano perdeu posições assim que a prova teve início.
 
“Sabíamos que seria uma história diferença no seco e já na sessão da manhã tinha ficado claro que estávamos mais atrás (que no sábado),” explicou o Campeão do Mundo de 2006. “Não sei o que aconteceu na partida, mas a moto não acelerou; parece que pode ter sido algo com a embraiagem. É uma pena porque todo o trabalho da qualificação foi-se na Curva 1.”
 
“A corrida foi muito complicada porque lutámos muito com problemas de aderência lateral, mas aumentámos o ritmo com o desenrolar da mesma. Sabia que seria uma grande tarefa bater o Dovi aqui porque ele é muito forte nesta pista. Ele esteve muito bem em alguns sítios e tornou tudo mais complicado, mas bati-o por muito pouco na última volta.”
 
Apesar das dificuldades que sentiu, Hayden terminou a corrida à frente do colega de equipa, com seis segundos de vantagem após erro de Dovizioso.
 
“Talvez tenha rodado um pouco melhor que noutras pistas, mas de todas as formas ainda estamos muito longe da frente,” começou o italiano. “É uma pena a última volta, mas tinha alguns retardatários à minha frente e isso afectou-me na última zona de travagem. Os travões também não estavam bem e creio que não fui o único com problemas.”
 
“De todas as formas, alarguei um pouco no final da descida, perdendo uma posição para o Nicky. Estou desapontado porque consegui estar à frente dele a corrida toda.”
 
Hayden tem agora apenas mais uma corrida com a Ducati antes de passar para Power Electronics Aspar com uma Honda “Production Racer” em 2014. Dovizioso continua com a formação transalpina, passando a contar com a companhia de Cal Crutchlow, pela segunda vez.

Tags:
MotoGP, 2013

Outras actualizações que o podem interessar ›