Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Redding e Rabat lamentam queda de Motegi

Dois dos três candidatos ao ceptro da Moto2™ ficaram fora de acção em resultado de acidente no início do Grande Prémio do Japão no domingo, com Scott Reddin e Tito Rabat a lamentarem-se.

Redding (Marc VDS Racing Team) e Rabat (Tuenti HP 40) não conseguiram alinhar na segunda partida após o acidente que envolveu também Alex Mariñelarena (Blusens Avintia). Felizmente, os três escaparam a lesões.
 
Enquanto isso, o colega de equipa de Rabat, Pol Espargaró, conquistou o ceptro em Motegi.
 
“Quanto o Tio foi ao chão à minha frente fiz tudo o que podia para o evitar, mas não consegui, bati na moto e também caí,” explicou Redding, que liderou a classificação durante boa parte da temporada.
 
“É claro que é desapontante, não apenas por causa de tudo o que passámos só para correr neste fim-de-semana, mas também porque não restou ninguém para oferecer luta ao Pol, comigo e com o Tito de fora. O campeonato estava acabado e, apesar de não ter sido por não quede lutar, isso não torna as coisas mais fáceis de aceitar.”
 
“O importante é seguir em frente, voltar forte e terminar a época em alta em Valência. Parabéns ao Pol pelo título; foi uma boa luta e lamento não a termos podido levar até ao final.”
 
Foi a moto fora de controlo de Rabat que provocou tudo.
 
“Foi um dia difícil,” começou. “Caí na primeira volta e tive sorte por o Scott ter reagido rapidamente e não me ter batido. Foi uma pena porque é claro que queria correr, mas quero dar os parabéns ao meu colega de equipa Pol, que fez uma grande temporada e merece o título.”

Tags:
Moto2, 2013, Scott Redding, Tito Rabat, Marc VDS Racing Team, Tuenti HP 40

Outras actualizações que o podem interessar ›