Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Até ao limite: Marquez vs Lorenzo

Este fim-de-semana em Valência os fãs do MotoGP™ de todo o mundo vão desfrutar da decisão do título na última corrida do ano, a primeira vez que tal acontece em sete anos. Da última vez que tal sucedeu, um piloto da Repsol Honda Team reclamou o seu primeiro título de Campeão do Mundo ao bater o anterior detentor do ceptro, que por acaso era um homem da Yamaha Factory Racing…

A última vez foi em 2006. Nicky Hayden, da Honda, que na ronda anterior tinha sido colocado fora de acção pelo colega de equipa e estreante Dani Pedrosa, foi quem acabou por levar a melhor nas circunstâncias mais inacreditáveis com Valentino Rossi a cometer um tarro erro. Sete anos volvidos, e temos a certeza de mais drama, com Marc Márquez e Jorge Lorenzo a lutarem entre si neste emocionante final de época. O impressionante estreante contra o experiente bi-Campeão do Mundo.
 
O ano começou com a vitória de Lorenzo no Qatar, enquanto Márquez surpreendeu o mundo ao ultrapassar Valentino Rossi a caminho do pódio. Quem diria que o captação de 20 anos iria celebrar pódios no ano de estreia? As duas únicas vezes em que tal não sucedeu foi quando caiu enquanto rodava em segundo em Mugello e na muito falada desclassificação por erro da equipa em Phillip Island. Por volta das 13h45 de domingo ficaremos a saber o quão decisivo foi esse erro…
 
É claro que Lorenzo também teve os seus “E ses?”. A sua prestação em Assen foi emocionante e em circunstâncias extraordinárias, tendo sofrido queda na quinta-feira e regressando à acção após operação em Barcelona. Um feito ainda mais impressionante caso conquiste o ceptro no domingo – o que representaria a primeira revalidação do título por parte do maiorquino na categoria rainha. Mas não nos esqueçamos da queda de Sachsenring, talvez de todos, o momento que lhe saiu mais caro. Márquez também não esteve isento de contratempos, saindo de todos eles ileso. “Ele é jovem e ressalta bem,” tem sido uma frase popular no paddock este ano.
 
Ambos conseguiram vitórias impressionantes e levaram a cabo ultrapassagens emocionantes, isto sem esquecer o espectáculo que deram em Silverstone, uma das melhores de todos os tempos do MotoGP™. Alguns dizem que Márquez já devia ter conquistado o título. Outros dizem que tem muita sorte por evitado lesões de maior gravidade. Da mesma forma, muito dizem que Lorenzo o merece mais porque foi forçado a trabalhar mais, enquanto outros detestariam uma repentina chegada à glória por parte do Campeão. As opiniões são várias e nem todos vão ficar contentes com o resultado.
 
Márquez vai para Valência na liderança do Campeonato com 13 pontos de vantagem, o que significa que um quarto posto é o bastante para garantir o ceptro independentemente do resultado de Lorenzo. Então, o que é que preocupa os fãs da Honda? Eles sabem que o seu sonho se pode desfazer facilmente… retardatários, mau tempo e problemas técnicos são algumas das coisas que podem acontecer. Por outro lado, Márquez conta com seis vitórias, oito poles, 14 partidas da primeira linha, 15 pódios e 11 voltas mais rápidas. 
 
O sucesso de Lorenzo este ano também é positivo. O Campeão do Mundo de 2010 e 2012 conta com sete triunfos – mais um que Márquez. O acto de heroísmo na Holanda não precisa de mais explicações e o facto de ainda ter a possibilidade de reclamar o ceptro – apesar de apenas quatro poles e duas voltas mais rápidas – é clara prova disso. Mais. ele não desistiu de uma única corrida em que tenha partido e – ao contrário do rival – nunca teve de passar pela qualificação Q1. Talvez o maio feito seja nunca ter deixado de acreditar na conquista do campeonato apesar de um quinto posto, um sexto e um sétimo, além de cinco presenças no mais baixo do pódio, todos eles atrás de dobradinhas da Repsol Honda no Texas, Jerez, Indianapolis, Brno e Sepang.
 
Que comece a última luta. Dois homens, cada um deles merecedor do título mundial pelos seus próprios motivos. Prepare-se porque as emoções vão ser fortes!

Tags:
MotoGP, 2013

Outras actualizações que o podem interessar ›