Compra de bilhetes
VideoPass purchase

NGM Mobile Forward Racing confirma Edwards e Espargaró

NGM Mobile Forward Racing confirma Edwards e Espargaró

Com a época de 2013 a chegar ao final, a NGM Mobile Forward Racing Team apresentou os alinhamentos de MotoGP™ e Moto2™ para o ano de 2014.

A Forward Racing vai participar no MotoGP com dois pilotos pelo terceiro ano consecutivo, uma época em que vai contar com a experiência da Yamaha e da FTR na nova classe “open” inserida na categoria rainha.
 
Colin Edwards vai voltar a juntar-se à formação neste novo projecto e fará dupla com o espanhol Aleix Espargaró. Ambos os pilotos vão participar no teste de três dias de Valência onde se vão estrear aos comandos da Yamaha FTR.
 
A equipa vai fortalecer a colaboração com a FTR também na Moto2™, com Simone Corsi e Mattia Pasini. 
 
Colin Edwards: “Estou mesmo muito animado com o próximo ano. A maior parte da minha carreira competitiva foi com a Yamaha, do motorcross à velocidade, pelo que estou muito contente por voltar a trabalhar com a marca e, é claro, por entrar neste novo projecto com a Forward e a FTR. Teoricamente, no papel, parece que podemos competir e neste momento, assim que terminarmos a temporada, temos de começar o trabalho e isso é o que faço melhor, pelo que estou desejoso.” 
 
Aleix Espargaró: “Após dois anos com uma CRT, que foram muito bons para mim, penso que chegou a altura de fazer uma mudança. A Forward Racing abordou-me com uma oferta, um projecto muito ambicioso e excitante envolvendo a Yamaha e a FTR. Acredito que pode ser uma moto competitiva e o projecto em si, com a equipa, é algo que me deixa muito motivado. Estou ansioso por rodar com a moto, trabalhar arduamente e ver até onde podemos ir com ela.” 
 
Simone Corsi: “Estou mesmo contente por ter chegado a acordo com a NGM Mobile Forward Racing Team para 2014. Mesmo sem ter sido capaz de atingir os resultados que esperava esta época, vamos voltar a tentar em 2014. Quinta e sexta-feira depois de Valência começa a nova aventura com a FTR: já rodei com a moto no passado, eles vão acompanhar-nos de perto e vamos tentar conseguir bons resultados.” 
 
Mattia Pasini: “Estou muito contente por continuar com a equipa pelo segundo ano: a meta é continuar a melhorar. No início da época começámos mais atrás que o esperado, mas aos poucos, e com muito trabalho, melhorámos. Infelizmente não conseguimos chegar ao ponto que queríamos, mas continuando a trabalhar com a NGM Mobile Forward Racing parece-me ser o melhor. É importante dar continuidade a este projecto, continuar a trabalhar arduamente e não repetir erros do passado”

Tags:
MotoGP, 2013, GRAN PREMIO GENERALI DE LA COMUNITAT VALENCIANA, NGM Mobile Forward Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›