Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Maverick Viñales: Campeão do Mundo de Moto3™

Maverick Viñales é um claro exemplo de como a consistência pode ganhar títulos mundiais. Um dos grandes favoritos à coroa da Moto3™ antes do arranque da época, o piloto do Team Calco pode ter triunfado apenas em Jerez, Le Mans e Valência este ano, mas só por duas vezes ficou fora do pódio.

É difícil acreditar que 2013 foi apenas a terceira campanha de Viñales no Campeonato do Mundo, depois de se ter estreado no último ano das 125cc em 2011. Aos comandos de uma Aprilia da Blusens by Paris Hilton Racing Team, ele entrou desde logo no ritmo e garantiu presença na primeira linha da grelha e vitória logo na sua quarta corrida, em França. Ele haveria de vencer mais três provas antes do final da época, incluindo os dois últimos Grandes Prémios da época na Malásia e Valência. Ele terminou o ano nos três primeiros.
 
Na verdade, o catalão nunca terminou fora dos três primeiros em qualquer uma das épocas que levou a cabo no Campeonato do Mundo. Em 2012 lutou com Sandro Cortese pelo primeiro ceptro da Moto3™; Viñales começou o ano com um triunfo no Qatar e também ganhou metade das oito provas que se seguiram. Contudo, a segunda metade da temporada foi particularmente complicada com uma série de problemas técnicos com a sua Blusens Avintia – em particular em Aragão com o piloto a afastar-se de forma teatral da sua FTR Honda depois de uma falha na volta de aquecimento. Seguiu-se um afastamento público da formação, apenas para regressar e terminar em segundo no Japão. Com Cortese a conquistar o ceptro na Malásia, Viñales terminou a época em terceiro – batido na luta pelo segundo posto por Luís Salom no que acabaria por ser um aperitivo para o que estava pela frente em 2013.
 
Graças à impressionante forma apresentada nas duas épocas anteriores, Viñales era um natural candidato ao ceptro da Moto3™ em 2013. Contudo, o piloto de Roses teve um contratempo durante os testes de pré-época em Jerez, sofrendo um acidente e perdendo parte de um dedo no processo. Ainda assim, ele conquistou uns fantásticos dez pódios nas dez primeiras corridas, falhando por pouco um novo recorde. Esta sequência inclui as vitórias em Espanha e França, mas terminou por mera fracção de segundos quando Alex Márquez o bateu na luta pelo terceiro posto em Sivlerstone. Seguiram-se ainda os pódios de Misano, MotorLand Aragón, Phillip Island e Motegi, intercalados por apenas um quinto lugar em Sepang, o seu pior resultado de uma temporada muito consistente.
 
Viñales voltou à luta pelo ceptro no Grande Prémio do Japão, prova em que terminou em segundo enquanto os rivais Salom e Rins sofreram aparatosos acidentes. O título foi disputado até ao cair do pano, 15 dias depois em Valência, com Viñales a terminar em primeiro, enquanto Rins e Salom foram terceiro e 14º, respectivamente. Para 2014 Viñales vai fazer dupla com Salom na Moto2™, na Tuenti HP 40 de Sito Pons.
 
Alguns factos sobre Maverick Viñales: 
 
Viñales terminou no pódio por 15 vezes em 2013, o que iguala o recorde de maior número de pódios numa só época das 125cc/Moto3™, estabelecido por Sandro Cortese no ano passado.
 
Ele é o décimo espanhol a vencer o título Mundial das 125cc/Moto3™, juntando-se a: Angel Nieto (1971/72/79/81/82/83/84), Jorge Martinez (1988), Alex Criville (1989), Emilio Alzamora (1999), Dani Pedrosa (2003), Alvaro Bautista (2006), Julian Simon (2009), Marc Marquez (2010) e Nico Terol (2011).
 
Ele é o primeiro piloto de sempre da categoria mais baixa dos Grandes Prémios a conquistar 17 resultados nos cinco primeiros numa só época.
 
Biografia
 
Data de nascimento: 12 de Janeiro 1995
Local de Nascimento: Figueres (Espanha)
1ª Grande Prémio: Qatar 2011, 125
1ª Pole position: Grã-Bretanha 2011, 125
1ª Pódio: França 2011, 125
1ª Vitória em Grandes Prémios: França 2011, 125
Partidas: 49
Vitórias em GPs: 12
Pódios: 31
Pole positions: 10
Voltas mais rápidas: 7
Títulos Mundiais: Moto3™ (2013)
 
Carreira de MotoGP™:
 
2011: Campeonato do Mundo de 125cc – 3º numa Aprilia, 17 partidas, 248 pontos
2012: Campeonato do Mundo deMoto3™ – 3º numa FTR Honda, 15 partidas, 207 pontos
2013: Campeonato do Mundo de Moto3™ – CAMPEÃO DO MUNDO numa KTM, 17 partidas, 323 pontos.

Tags:
Moto3, 2013, Maverick Viñales, Team Calvo

Outras actualizações que o podem interessar ›