Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Honda conquista 20º ceptro de Construtores na categoria rainha

O brilhante sucesso de Marc Márquez (Repsol Honda RC213V) no Campeonato do Mundo de Pilotos de 2013 foi reforçado no domingo pela vitória da Honda no Campeonato do Mundo de Construtores.

O triunfo representou o terceiro título consecutivo de Construtores para a Honda na classe de MotoGP e o 20º da marca na categoria rainha, um recorde.
 
“Foi uma época muito excitante para a formação de Fábrica da HRC, a Repsol Honda Team, com o Marc Márquez e o Dani Pedrosa a lutarem pelo título e a levarem a cabo, sempre que possível, grandes despiques nas corridas,” comentou Tetsuo Suzuki, Presidente da HRC e Director da Honda R&D co.,ltd. “Nós, enquanto Honda, festejámos o terceiro Campeonato de Construtores consecutivo e o 62º na nossa história, o que me deixa muito orgulhoso deste grande feito."
 
“Parabéns ao nosso estreante Marc por uma prestação impressionante e pelo feito de ganhar o Campeonato do Mundo de MotoGP no ano de estreia, batendo muitos recordes pelo caminho. O Dani teve o azar de contrair uma lesão em Sachsenring, o que tornou muito difícil o resto da época no que toca a reduzir a diferença; estou certo que vai estar pronto para voltar a lutar outra vez em 2014!”
 
“Gostava também de agradecer a todos no Honda e na HRC, a todos os nossos patrocinadores e parceiros técnicos pelo imprescindível apoio ao longo da época, e também a todos os nossos fãs espalhados pelo mundo, estamos muito gratos por todo o apoio!”
 
Os 20 triunfos na categoria rainha foram conseguidos com vasta gama de maquinaria Honda, começando com a potente 4 cilindros RC181 arrefecida a ar, que bateu a MV Agusta na luta pela coroa de Construtores em 1966.
 
Após longa ausência da Honda dos Grandes Prémios, a marca não demorou a voltar ao topo com a nova gama de motos a 2-tempos durante os anos 80. Em 1983 a Honda saiu vencedora com a soberba 3 cilindros NS500 seguindo-se o título de 84 com a NS500 e a totalmente nova NSR500 V4. Em 85 a Honda assegurou o primeiro hat-trick de Construtores com nova versão da NSR500.
 
A NSR500 haveria de se tornar na mais bem sucedida máquina de corridas na história dos Grandes Prémios ao garantir os ceptros de Construtores também nos anos de 1989, 1992, 1994, 1995, 1996, 1997, 1998, 1999 e 2001.
 
Quando teve início a nova era das 4-tempos nos Grandes Prémios, em 2002, a Honda atingiu de imediato o sucesso com a fabulosa 990cc RC211V. A V5 garantiu o hat-trick de títulos em 2002, 2003 e 2004, seguindo-se o quarto sucesso em 2006, antes do MotoGP reduzir a capacidade das máquinas para 800cc.
 
A Honda venceu o primeiro Campeonato de Construtores com a 800cc em 2011, com a 4 cilindros RC212V. No ano seguinte, quando o MotoGP passou para as 1000cc, a Honda voltou a estar no topo e repetiu o êxito com a RC213V graças à brilhante prestação de Márquez e do colega de equipa Dani Pedrosa (Repsol Honda RC213V).
 
Em todas as classes a Honda conquistou já 62 coroas de Construtores e 667 vitórias em Grandes Prémios, incluindo 249 triunfos na categoria rainha. Qualquer um destes três números são recordes no desporto.

Tags:
MotoGP, 2013, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›