Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bautista mostra ritmo na noite de sábado no teste do Qatar

Bautista mostra ritmo na noite de sábado no teste do Qatar

Álvaro Bautista, da GO&FUN Honda Gresini, liderou os procedimentos do segundo dia do Teste de MotoGP™ do Qatar com um tempo de 1m55,194s, o que o deixou com uma margem de 0,314s sobre o rival mais próximo.

O espanhol, que também esteve no ritmo no teste da semana passada em Sepang, trabalhando com o colega de equipa para ultrapassar os problemas com a frente da moto sentidos no circuito do deserto em 2013. Ele completou 55 voltas com a Honda RC213V no sábado e vai tentar manter-se à frente do pelotão amanhã.
 
Apesar da Ducati Team, Movistar Yamaha MotoGP e Repsol Honda não estar presente neste teste, o melhor tempo do jovem da Gresini não deixa de ser um bom indicador.
 
Logo atrás de Bautista ficou Stefan Bradl. O germânico da LCR Honda não está a testar novos componentes no Qatar, mas está a concentrar-se no aperfeiçoamento da afinação para a primeira ronda do Campeonato do Mundo e apostado em encontrar boa aderência para reduzir um pouco mais a sua marca.
 
O mais rápido de sexta-feira, Aleix Espargaró, voltou a ser o melhor representante da Yamaha, se bem que desta feita em terceiro. Ele não conseguiu igualar o ritmo de ontem, mas o importante para o jovem da NGM Mobile Forward Racing é confirmar o ritmo de corrida, pelo que no domingo deverá fazer uma simulação de corrida, tal como muitos outros.
 
A completar o Top 5 ficaram os pilotos da Monster Yamaha Tech3, Bradley Smith e Pol Espargaro, respectivamente a 0,433s e 0,682s da frente com tempos similares aos de sexta-feira. O britânico quer manter-se à frente do novo colega de equipa, enquanto o espanhol que-se sentir confortável com a máquina de MotoGP neste circuito.
 
Colin Edwards (+1,095s) foi sétimo para a NGM Mobile Forward Racing, terminando entre a dupla da Ducati, Andrea Iannone (+0,832s, Pramac Racing) e de Yonny Hernandez, em oitavo com a Ducati de 2013 da Ducati Energy T.I. Pramac Racing.
 
Hernandez teve um dia atribulado, com problemas técnicos a obrigarem a paragem e depois a sofrer queda ao perder a frente, apesar de não ter sofrido consequências físicas e terminou o dia a 1,3s de Bautista.
 
O Top 10 contou ainda com o antigo Campeão do Mundo Nicky Hayden (Drive M7 Aspar, +1,729s) e o estreante Scott Redding (+1,960s). O novato da GO&FUN Honda Gresini disse que quer igualar o ritmo de Hayden na Hona Open e está perto de atingir o objectivo.
 
O Teste de Losail termina no domingo. Veja aqui os resultados completos.

Tags:
MotoGP, 2014

Outras actualizações que o podem interessar ›