Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Brivio diz que Suzuki ainda não iniciou conversas com pilotos

O responsável da Suzuki MotoGP Test Team, Davide Brivio, falou com o motogp.com sobre o projecto do construtor, afirmando que a marca ainda não tem acordos com pilotos para o próximo ano de MotoGP™.

As recentes especulações na imprensa ligaram Dani Pedrosa a um potencial lugar na Suzuki em 2015 e apesar do contrato do espanhol com a HRC terminar no final da época, Brivio não confirmou, nem negou o interesse da formação em Pedrosa.
 
Brivio comentou: “Ainda não temos qualquer acordo com qualquer piloto e ainda não temos uma ideia clara de quem serão os nossos futuros pilotos. É claro que estamos a falar do assunto, a avaliar as nossas várias opções, a fazer contactos com agentes para vermos quais as situações contratuais dos pilotos e a ver qual é o interesse de rodarem com a nossa moto.”
 
Ele continuou: “No que toca ao Pedrosa, teríamos de ver se ele está interessado. Neste momento não estamos a negociar com ninguém. As coisas talvez comecem a andar nas próximas semanas. Será difícil conseguir um piloto de topo e queremos os pilotos mais fortes possível, mas temos de ver quem quer aceitar o desafio e quem quer rodar connosco. É difícil adiantar nomes neste momento.”
 
O italiano acrescentou ainda: “O Randy de Puniet é um dos candidatos. O facto de trabalhar connosco há dois anos pode ser um factor positivo. Não garantimos nada ao Randy, mas ele está na nossa lista de candidatos.”
 
Os próximos meses verão a Suzuki continuar os preparativos com vista ao regresso aos Grandes Prémios a tempo inteiro a partir de 2015. Após o recente ensaio no Circuito das Américas a Suzuki vai também levar a cabo sessões de trabalho no Autódromo de Termas de Río Hondo (Argentina), Phillip Island e Catalunha-Barcelona nas próximas semanas, com Brivio a confirmar que também pretendem testar em Mugello e Aragón mais tarde este ano.
 
A Suzuki ainda não confirmou oficialmente se terá, ou não, lugar um potencial teste com o piloto Eugene Laverty, se bem que é possível que se a sua equipa de Superbikes der o aval e a Bridgestone o solicitar ele venha a rodar com a Suzuki ZRH-1 no Japão e Austrália para avaliar a durabilidade dos pneus.

Tags:
MotoGP, 2014

Outras actualizações que o podem interessar ›