Compra de bilhetes
VideoPass purchase

"Corrida difícil" para Dovizioso e Pirro

A terceira jornada da época revelou-se difícil para os pilotos da Ducati Team Andrea Dovizioso e Michele Pirro, que terminaram a corrida no circuito de Termas de Río Hondo em nono e 17º, respectivamente.

No início da corrida Dovizioso  entrou de imediato na luta pelas posições da frente, cruzando a meta em segundo na segunda volta, mas os problemas que começou a sentir depois com o pneu traseiro fizeram com que fosse ultrapassado pelos rivais nas voltas seguintes.
 
Contudo, após os primeiros três GPs da temporada Dovizioso ocupa ainda o quarto lugar da geral com 34 pontos.
 
“Foi uma corrida muito dura e, para ser franco, não pensei que iria ser assim,” afirmou Dovizioso. “Tive algum azar porque também tive um problema com o motor, quando saiu algum óleo que levou a perda de potência. Também penso que fiz a escolha de pneus errada porque não conseguia travar e colocar pressão na roda frontal, nem em travagem, bem em curva, e a entrada também era lenta.”
 
Pirro, por outro lado, nunca conseguiu encontrar boas sensações com a sua Desmosedici GP14 durante o fim‑de‑semana e lutou durante as 25 voltas da corrida na Argentina.

Luigi Dall’Igna, Director Geral da Ducati Corse, acrescentou: “Depois do resultado na qualificação, esperávamos algo melhor na corrida. Infelizmente, o Dovizioso teve um problema com o pneu frontal depois de lutar com o grupo da frente nas primeiras voltas e que o forçou a ser mais defensivo. Contudo, temos o excelente resultado do Andrea Iannone como consolação que, na equipa Pramac Desmosedici, fez uma fantástica corrida demonstrando que o nível competitivo da GP14 melhorou. Sabemos que ainda temos muito trabalho pela frente, mas estamos confiantes e optimistas para as próximas corridas.”

Tags:
MotoGP, 2014, Andrea Dovizioso, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›