Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rabat supera rivais apesar de queda

Rabat supera rivais apesar de queda

O Grande Prémio bwin de Espanha viu Tito Rabat sofrer queda na primeira sessão de livres da Moto2™, mas o piloto saiu ileso do contratempo na Curva 6 e liderou a tabela de tempos, à frente do colega de equipa Mika Kallio e do estreante Jonas Folger. 

A volta de Rabat em 1m43,486s deixou-o com 0,078s de margem sobro o colega de equipa na Marc VDS Racing, Kallio, e com 0,180s de vantagem sobre Folger (AGR Team).



Xavier Simeon (Federal Oil Gresini) e Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP) também terminaram nos cinco primeiros, a 0,258s da frente.
Nicolas Terol (Mapfre Aspar Team), Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2), Maverick Viñales (Pons HP 40), Luis Salom (Pons HP 40) e Takaaki Nakagami (Idemitsu Honda Team Asia) foram os outros nomes do Top 10.
 
Rabat sofreu pequena queda perto do final da sessão ao perder a frente da moto, mas não tardou a regressar ao trabalho. Mattia Pasini (NGM Forward Racing) foi outro piloto a ir ao chão no treino, também ele sem sofrer lesão, mas terminou em 24º.
 
Veja aqui os resultados da Moto2™.

Tags:
Moto2, 2014, GRAN PREMIO bwin DE ESPAÑA, FP1

Outras actualizações que o podem interessar ›