Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Dovizioso contente com ritmo e Crutchlow feliz com o regresso

Andrea Dovizioso, da Ducati Team, ficou contente com o ritmo de sexta-feita e o seu colega de equipa Cal Crutchlow ficou satisfeito por estar de regresso á acção no Grande Prémio bwin de Espanha.

Dovizioso terminou o dia em Jerez na quinta posição da geral com 1m40,028s na segunda sessão de treinos para terminar a 0,671s da melhor volta do dia assinada por Aleix Espargaró.
 
“Estou contente porque esperava que hoje foi mais difícil e o nosso ritmo não esteve muito longe dos mais rápidos,” afirmou Dovizioso. “Penso que estamos no “segundo grupo” de momento e estou muito optimista com isso.”
 
Quando questionado sobre a saída da Bridgestone no final da época de 2015 de MotoGP™ Dovizioso comentou: “Quando se mudam os pneus tudo pode acontecer, pode ser muito positivo, ou muito negativo, só o vamos saber depois de vermos. Nos dois anos que temos pela frente vai mudar muita coisa na Ducati, mas se tivéssemos de mudar os pneus agora, por exemplo, penso que seria positivo para as equipas que estão mais atrasadas. Mas também podia ser negativo; tudo pode acontecer.”
 
Sobre o regresso à acção depois de ter falhado a Argentina, Crutchlow, 18º do dia, disse: “Fiquei surpreso porque pensei que a mão me iria doer mais. Está muito dorida de mudar de direcção, mas não está mal em travagem. Não posso fazer muita pressão de imediato, que é o que é necessário numa moto de Grande Prémio.”

Tags:
MotoGP, 2014, Andrea Dovizioso, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›