Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Vázquez e Miller comentam duelo

Vázquez e Miller comentam duelo

Após uma frenética última volta da corrida de Moto3™ em Le Mans, em que um grupo de oito pilotos lutou pelo pódio e onde o despique entre Jack Miller e Efrén Vázquez foi bem aceso, os dois pilotos dão agora os seus pontos de vista sobre a prova.

Tendo-se qualificado na pole para Monster Energy Grande Prémio de França, Vázquez esperava conquistar a primeira vitória da carreira, mas tal acabou por não acontecer.
 
Na verdade, o espanhol de 27 anos partiu da pole pela primeira vez na carreira naquele que foi o seu 111º Grande Prémio e lutou pela liderança da corrida antes de um erro o fazer cair para trás do grupo da frente a meio da corrida.
 
O homem da SAXOPRINT RTG tratou depois de recuperar e entrou na luta para tentar aumentar o seu total de pódios, mas acabou por perder no embate directo com aquele que acabaria por vencer a corrida de Moto3™ e que lidera a geral: Miller. Com os dois a lutarem por posições, Miller passou Vázquez nos momentos finais com este último a ver-se obrigado a travar forte e a perder várias posições para cruzar a meta em sexto.
 
Explicando as coisas do seu ponto de vista Vázquez afirmou: “O Jack estava a recuperar, ele passou-me na chicane, mas alargou a trajectória e perdeu muita velocidade; eu não o queria passar, mas ele perdeu a posição. Quando entrei ele fechou completamente a linha e se eu não tivesse travado teria caído, talvez mesmo nós os dois. Depois perderíamos importantes pontos para o campeonato. Veremos o que acontece, mas espero que alguém diga alguma coisa sobre o que se passou porque é demasiado arriscado para os outros pilotos.”
 
Enquanto isso, o líder da geral e vencedor da corrida, Miller, disse: “Fiz ao Efrén o que ele me fez a mim a meio da corrida quando fechou a porta e tive de alargar a linha, depois houve muitos pilotos que me passaram. Por isso, não estou preocupado. Não houve contacto e se tivesse havido tinha sido da parte dele, ele tentou passar directamente. Ele podia ter esperado até à última curva, ou algo assim.”

Tags:
Moto3, 2014, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE, Efren Vazquez, Jack Miller

Outras actualizações que o podem interessar ›