Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

MotoGP™ em Mugello para sexta jornada

A tradicional conferência de imprensa de pré-evento de quinta-feira no Grande Prémio de Itália TIM contou com a presença dos pilotos da categoria rainha Marc Márquez, Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Álvaro Bautista e Andrea Iannone, bem como com o jovem italiano e vencedor de corridas de Moto3™ Romano Fenati.

Antevendo a sexta ronda da temporada enquanto tenta manter o início de ano perfeito, o jovem Campeão do Mundo da Repsol Honda, Márquez, comentou: “Conquistei a minha primeira vitória em Grandes Prémios aqui, nas 125cc, mas no ano passado Mugello foi o fim‑de‑semana mais difícil do ano para mim. Um ano mais tarde, e com mais experiência, espero que seja melhor. Muitas pessoas vão estar a apoiar o Valentino e sei que o Jorge será rápido, já que ganhou aqui nos últimos três anos, mas vou tentar lutar pela vitória.”
 
Olhando para o que será o 300º Grande Prémio de uma carreira muito bem sucedida e antecipando um fim‑de‑semana muito especial perante milhares dos seus fãs em Mugello, Rossi estava particularmente animado.
 
“Estou contente por festejar o meu 300º Grande Prémio aqui em Mugello, mas estou ainda mais contente por chegar aqui em boa forma,” disse o italiano. “É importante continuar a melhorar, continuar a trabalhar com a moto e melhorar a minha velocidade. Quero ter um bom fim‑de‑semana, como em Le Mans e Jerez, e lutar pelo pódio. Esta é uma boa pista para a Yamaha, no papel, mas a Honda melhorou o nível e será difícil bater o Marc.”
 
Do outro lado da garagem da Movistar Yamaha MotoGP, Lorenzo foi o vencedor na pista da Toscana nos últimos três anos e quer melhorar os resultados de 2014 a partir deste fim‑de‑semana.
 
Ele disse: “Em Le Mans esperava fazer uma boa partida e ultrapassar alguns pilotos, mas não consegui. Pensei que tinha feito melhorias na afinação, mas foi pior do que esperava na corrida. De todas as formas, estou confiante. É uma corrida especial, uma pista magnífica e para mim tem sido um grande local. Espero que possamos fazer algo como no ano passado.”
 
Após um muito apreciado pódio em França, Álvaro Bautista, da GO&FUN Honda Gresini, quer continuar a recente tendência de crescendo de forma. “Le Mans foi fantástico para nós, mas agora é diferente e temos de começar a trabalhar desde o primeiro dia do Grande Prémio,” reconheceu o espanhol. “O objectivo é manter o mesmo nível, mas terminar nos cinco primeiros aqui pode ser muito complicado. Julgo que o Dani (Pedrosa) e o Jorge vão estar mais competitivos aqui.”
 
Para Andrea Iannone, no segundo ano no MotoGP com a Pramac Racing, uma corrida em casa é um excelente momento para inverter a sorte após duas desistências.
 
Ele afirmou: “A minha moto este ano não é nada má, mas nas duas últimas corridas não conseguimos bons resultados porque sofri quedas. A Ducati está a trabalhar arduamente para mim e quero melhorar os resultados. No ano passado tive muitas lesões, mas este ano não tenho problemas físicos e tenho boas sensações com a moto. Mugello é um fim‑de‑semana especial e para mim em particular porque tenho uma moto italiana e estou numa equipa italiana. Quero melhorar o meu melhor resultado de MotoGP neste fim‑de‑semana.”
 
Enquanto ‘pupilo’ de Rossi, Fenati, da SKY Racing Team VR46 Moto3™, está a rodar bem na categoria mais baixa, ocupando o segundo posto da geral e já com duas vitórias em 2014.
 
“Estou muito contente com a minha forma e com o início da época, mas agora temos de trabalhar isto ao longo do campeonato,” comentou Fenati. “Creio que podemos obter mais bons resultados, em especial aqui em Mugello. Temos de começar a trabalhar hoje para termos tudo certo para o fim‑de‑semana e veremos o que podemos fazer. Quero dar o meu melhor.”
 
A primeira sessão de treinos livres do Grande Prémio de Itália TIM tem lugar a partir das 09h00 locais com os pilotos da Moto3™ a irem para a pista para a FP1, seguidos depois dos homens do MotoGP™ e da Moto2™.

Tags:
MotoGP, 2014

Outras actualizações que o podem interessar ›