Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden incapaz de continuar em Mugello

Hayden incapaz de continuar em Mugello

Nicky Hayden, da DRIVE M7 Aspar, não conseguiu rodar em Mugello neste sábado devido às dores no pulso e planeia ser operado em Itália na terça-feira.

Depois de ter completado apenas 11 voltas na sexta-feira, Hayden tomou a decisão momentos antes da FP3 de não continuar a sua participação no Grande Prémio de Itália TIM, sexta jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP™.
 
O americano tem-se ressentido do problema desde a quarta jornada, em Espanha, mas o tratamento entre corridas permitiu-lhe continuar a competir. Contudo, num circuito tão exigente como Mugello, o inchaço e dores tornaram-se demasiados para suportar e a melhor opção para o 'The Kentucky Kid' foi desistir da prova.
 
Hayden será submetido a cirurgia na próxima terça-feira, pelas 8h00, em Itália. A operação exploratória será levada pelo especialista da mão Riccardo Luchetti, que, espera-se, será capaz de identificar a causa do problema e, ao mesmo tempo, limpar a área afectada e reduzir o inchaço para que Hayden possa voltar à competição o mais depressa possível.
 
O antigo Campeão do Mundo de MotoGP™ explicou: “O meu pulso não está a melhorar, pelo que por mais difícil que seja a decisão, o melhor é ouvir os médicos e falhar esta corrida. Temos de parar de pensar em correr e começar a pensar num plano para a operação na próxima semana e subsequente recuperação. Mugello é um circuito rápido e físico mesmo quando se está bem, mas com dores e perda de força na mão direita está a tornar-se muito complicado travar como deve ser e é um risco continuar.”
 
“É um pena falhar qualquer corrida, em especial Mugello, um circuito que adoro. Também é pena para a equipa porque estamos mesmo a começar a construir algo em conjunto e estamos a compreender como progredir rapidamente durante o fim‑de‑semana. Os meus mecânicos estão a trabalhar arduamente para me facilitarem as coisas e me darem a oportunidade de rodar mais rápido. Sinto-me mal por falhar a prova, pela equipa e pelos patrocinadores.”

Tags:
MotoGP, 2014, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM, Nicky Hayden, Drive M7 Aspar

Outras actualizações que o podem interessar ›