Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Márquez mantém ritmo vitorioso

Marc Márquez respondeu bem à queda na Q2 para levar de vencida o Grande Prémio Monster Energy da Catalunha.

O piloto da Repsol Honda esteve envolvido em emocionante batalha durante toda a corrida com Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP) e Dani Pedrosa (Repsol Honda)  e que só ficou resolvida nas últimas curvas. O trio contou ainda com a companhia de Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP) no início da prova, bem como por breves momentos mais perto do final.
 
Foi uma corrida repleta de acção, com Márquez a entrar demasiado rápido na Curva 1 e a ter de ir à escapatória, o que permitiu a Rossi ganhar uma vantagem. A sete voltas do final houve alguma confusão em resultado das bandeiras amarelas na Curva 3, o que levou o grupo da frente a ficar compacto.
 
A sétima vitória consecutiva do Campeão do Mundo de MotoGP™ ficou garantida quando Pedrosa alargou a linha na última volta. Esta foi também a 100ª vitória da Honda na era moderna do MotoGP™. Márquez conta agora com 58 pontos de vantagem na frente da classificação.
 
O jovem espanhol disse: “É claro que hoje foi mais difícil que Mugello porque os pilotos Yamaha estiveram muito fortes no início da corrida. Senti algumas dificuldades, mas depois apanhei o Valentino. Cometi um erro na Curva 1 e depois disso perdi talvez um segundo e tive de voltar a apanhar o Vale. As últimas voltas foram muito boas, os fãs ajudaram muito. Foi muito especial lutar com o Dani e o Valentino nas últimas voltas.”

“Também especial vencer no mesmo dia que o meu irmão; ele fez uma corrida incrível. Também na Moto2, o Tito Rabat venceu, o que me deixou com mais pressão porque se não ganhasse eles iriam gozar muito comigo!” acrescentou.

Tags:
MotoGP, 2014, Marc Marquez, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›