Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Difícil corrida em casa após jogo na grelha para Bradl

Stefan Bradl, da LCR Honda MotoGP, fez uma partida relâmpago para o eni Motorrad Grande Prémio da Alemanha, mas uma aposta de afinação acabou em zero pontos.

Bradl foi o único piloto a partir das primeiras linhas da grelha após a chuva que se fez sentir antes do início da corrida ter levado os pilotos a irem para a grelha com pneus de chuva. Contudo, Bradl e a LCR apostaram na colocação de slicks já na grelha. Enquanto isso, 14 pilotos optaram por trocar para as motos de seco após a volta de aquecimento, partindo do pit lane.
 
Infelizmente, a moto de Bradl não estava totalmente afinada para condições de seco e o germânico sentiu dificuldades durante a corrida. Após ter liderado as primeiras voltas ele começou a perder posições conforme o ritmo foi aumentando.
 
Bradl acabou por terminar em 16, atrás de Danilo Petrucci (Octo IodaRacing Team). Foi um final difícil para um fim‑de‑semana promissor no GP em casa.
 
Ele explicou: “Pouco antes da corrida começou a chover e após duas voltas de reconhecimento com pneus de chuva decidimos trocar para os slicks na grelha porque pensei que a pista ia secar depressa. Num primeiro momento pareceu que tínhamos vantagem, mas na grelha tivemos alguns problemas ao trocar o garfo frontal para seco porque não houve tempo. Por isso, comecei a corrida com afinação de seco e pneus slick, um verdadeiro jogo.”
 
“Quando vi os outros a partirem do pit lane, vi que podia ter feito o mesmo porque a minha moto estava pronta; lamento este erro. Fui três segundos por volta mais lento por não ter a afinação correcta. Não tenho palavras neste momento porque foi a pior forma de terminar a minha corrida em casa, mas quero agradecer aos fãs pelo grande apoio que me deram ao longo do fim‑de‑semana.”

Tags:
MotoGP, 2014, Stefan Bradl, LCR Honda MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›