Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Corrida mista para a Ducati Team em Brno

O bwin Grande Prémio da República Checa foi uma prova mista para a Ducati Team, com Andrea Dovizioso a reduzir a diferença de tempo para o pódio, mas com Cal Crutchlow a desistir após queda inicial.

Andrea Dovizioso, da Ducati, atacou desde o segundo posto da grelha para lutar com o também piloto Ducati Andrea Iannone (Pramac Racing) na primeira volta. Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP) e Dani Pedrosa (Repsol Honda) acabaram por passar os homens da Ducati quando os pneus mais macios começaram a perder rendimento.
 
Surgiu então emocionante batalha pela quinta posição entre ambos, com Iannone a terminar com 0,2s de vantagem sobre Dovizioso, isto enquanto o piloto de fábrica atingia o objectivo de reduzir a diferença de tempo para o pódio. Em Indy ele terminou a 20 segundos do vencedor, enquanto em Brno ficou a 18.
 
Já Cal Crutchlow voltou a ter prova difícil, sofrendo queda perto do início da corrida. O britânico voltou a montar a moto, mas viu-se forçado a abandonar na oitava volta devido aos demasiados danos sofridos na máquina. Crutchlow estava em 11º antes do contratempo.
 
“Temos de estar satisfeitos com a corrida de hoje porque voltámos a reduzir a diferença para os da frente. O Iannone e eu talvez pudéssemos ter rodado mais rápido, mas nunca puxámos a 100% durante toda a corrida porque estávamos demasiado longe do grupo da frente e não havia ninguém atrás a ameaçar a nossa posição,” disse o italiano.
 
Ele continuou: “Infelizmente, não consegui lutar com o Iannone nas últimas voltas porque o meu motor perdeu um pouco em termos de prestação durante a corrida e em resultado disso não consegui manter-me no cone de ar dele.”
 
“Foi uma clara desilusão ficar fora da corrida na segunda volta. Cometi um erro na travagem para a Curva 3, para evitar o Aleix Espargaró na minha frente, e saí de pista. Fiquei desapontado porque estava muito confiante na possibilidade de levar a cabo boa luta hoje. Mas quando voltei à pista tinha o ombro dorido de ir à gravilha e de segurar a moto antes de ela virar, pelo que não havia motivo para continuar com as dores e optei por me poupar para Silverstone,” disse Crutchlow.

Tags:
MotoGP, 2014, Cal Crutchlow, Andrea Dovizioso, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›