Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo e Rossi sobre o novo protótipo da Yamaha

Jorge Lorenzo e Valentino Rossi trabalharam arduamente na segunda-feira em Brno, no teste pós-corrida que se seguiu ao Grande Prémio da República Checa.

O programa de trabalho dos pilotos da Movistar Yamaha MotoGP foi explicado por Rossi, que deixou o traçado com sensações mistas, mas de forma geral contente com os progressos conseguidos.
 
“Tivemos um protótipo do novo moto, de que gosto; não é mau e tivemos bons resultados com ele,” começou o nove vezes Campeão do Mundo. “Também testámos o protótipo da moto do próximo ano; ainda temos de trabalhar nessa moto porque melhorámos algumas coisas, mas perdemos noutras. Mas foi primeiro teste que fizemos e agora temos dados importantes.”
 
Lorenzo também ficou genericamente satisfeito, mas ainda mais animado com o facto desta vez ter achado mais fácil usar o pneu frontal mais duro, isto depois de ter sido segundo no domingo com a opção mais macia.
 
“Testámos algumas coisas para a moto do próximo ano que funcionaram muito bem em alguns aspectos, mas mal noutros,” afirmou o maiorquino. “Mas de forma geral, é melhor. O motor é muito semelhante ao deste ano. Não temos nada de melhor, mas o chassis para o ano que vem parece ser melhor e mais estável à entrada em curva.”
 
“Na verdade, o pneu frontal de composto mais duro funcionou melhor porque o mais macio é demasiado macio e não conseguia entrar em curva! Quando montámos o duro foi positivo: tive menos vibrações e absorvia mais os ressaltos. É estranho, mas por vezes isso acontece… de um dia para o outro as coisas podem mudar muito (com a pista).”

Tags:
MotoGP, 2014, Jorge Lorenzo, Valentino Rossi, Movistar Yamaha MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›