Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo na primeira linha em Silverstone para GP de Inglaterra

O piloto da Movistar Yamaha MotoGP, Jorge Lorenzo reclamou o terceiro posto da grelha para o Hertz Grande Prémio de Inglaterra de amanhã depois de tensa sessão de qualificação em Silverstone, neste sábado, onde o colega de equipa Valentino Rossi garantiu a sexta posição, na segunda linha.

Lorenzo estava claramente desejoso por começar a sessão, sendo o primeiro a alinhar à said do pit lane para os 15 minutos de trabalho sob céu nublado. A sua primeira volta lançada em 2m01,798s foi seguida de uma melhoria para 2m01,771s, o que o colocou na segunda posição provisória. O espanhol voltou então à box quando faltam seis minutos e meio para a bandeira de xadrez para montar pneu traseiro novo.
 
O Campeão do Mundo de MotoGP™ de 2010 e 2012 não tardou a voltar para a pista, baixando o registo pessoal para 2m01,175s, o que o fez subir à pole provisória. Contudo, mesmo ao cair do pano, os rivais revelaram-se mais fortes e relegaram-no para o terceiro posto.
 
O colega de equipa Rossi também não perdeu tempo a iniciar a sessão. O nove vezes Campeão do Mundo depressa rodou abaixo dos dois segundos, em 2m01,893s, para voltar depois às boxes. Com apenas cinco minutos para o final o italiano regressou à pista para melhorar o andamento com 2m01,550s. Uma marca suficientemente boa para garantir a presença na segunda linha, em sexto.
 
“Estou muito satisfeito e orgulhoso com o meu tempo,” começou Lorenzo. “Rodei ao limite e melhorei seis décimos de segundo na minha última volta em comparação com a primeira. O pneu macio frontal é muito melhor para a nossa moto. Gostava de o usar amanhã, mas será uma corrida longa, pelo que temos antes de melhorar um pouco a moto durante o warm up para me sentir mais confortável com o pneu mais duro. Este ano o motor e embraiagem são diferentes. Não tenho as mesmas sensações, o que dificulta fazer partidas semelhantes às do ano passado. Vir do terceiro lugar da grelha não é o melhor porque estamos demasiado por dentro para a primeira curva, mesmo assim é melhor estar na primeira linha que na segundo. É uma boa posição. Vamos tentar melhorar a moto para amanhã e tentar ficar com o grupo da frente durante a corrida.”
 
Já o colega de equipa mostrou-se “muito menos preocupado e muito mais satisfeito com o dia de hoje. Fomos mais competitivos nos treinos e conseguimos lutar pelas posições de topo. Fizemos bons progressos com a moto em comparação com ontem. Infelizmente, não estou totalmente contente com a minha qualificação porque podia ter feito melhor. Podia ter tido mais potencial para ficar na frente, mas partir da segunda linha não é um desastre. É bom para a corrida. Temos de resolver alguns pequenos problemas que tive em travagem e à entrada em curva para melhorarmos para amanhã. Ontem não equilibrámos bem a moto e tive muitas dificuldades com o pneu frontal, pelo que quando entrava na curva tinha muitos problemas com os ressaltos. Este circuito tem muitos, mas hoje a equipa melhorou muito a afinação e o equilíbrio, o que resultou em melhorias nos tempos.”

Tags:
MotoGP, 2014, Jorge Lorenzo, Valentino Rossi, Movistar Yamaha MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›