Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hernández impressiona no molhado na sexta-feira

Hernández impressiona no molhado na sexta-feira

Yonny Hernández e Andrea Iannone terminaram o primeiro dia do Grande Prémio TIM de São Marino e da Riviera de Rimini dentro dos dez primeiros.

O colombiano Hernández foi o líder surpresa da primeira sessão de livres ao rodar com uma margem de 1,693s sobre Marc Márquez (Repsol Honda). Confiante nas condições traiçoeiras, Hernández conseguiu colocar a Ducati Open no topo da classificação.

Ele deu continuidade à boa forma na FP2 ao terminar em quinto. O tempo de 1m50,714s deixou-o a apenas 1,519s de Andrea Dovizioso (Ducati Team), que liderou a geral. Hernández acabou o dia na segunda posição da tabela de tempos combinados graças ao registo da FP1.
 
O colega de equipa Iannone teve um início mais complicado, sofrendo forte queda na Curva 1 durante a manhã e ficando de fora grande parte da sessão com gelo no tornozelo. Mas os tempos iniciais foram o bastante para terminar em sétimo na FP1.
 
De tarde o italiano voltou a cair, acabando por terminar em nono. O tempo de 1m51,603s conseguido na FP2 deixou o futuro piloto de fábrica da Ducati (em 2015) em nono da geral.
 
Hernández comentou: “Estou contente com a prestação. Sinto-me muito bem na chuva, estou sempre bem em condições traiçoeiras. A pista está muito escorregadia, pelo que tive de trabalhar muito com a moto. Estou bem na chuva e espero continuar assim amanhã e somar alguns pontos na corrida de domingo. Foi o meu melhor resultado da época em sessões de treinos, o que é bom!”
 
Iannone acrescentou: “As minhas sensações não são más, fui rápido em ambas as sessões. Mas quando puxo um pouco mais as sensações com a frente são muito fracas. Os pneus não trabalham e não tenho boa aderência. Não sei como resolver o problem, sofri quedas com os compostos duro e macio.”

Tags:
MotoGP, 2014, GP TIM DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI, Andrea Iannone, Yonny Hernandez, Pramac Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›