Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Dovizioso garante excelente quarto lugar

Dovizioso garante excelente quarto lugar

Andrea Dovizioso registou mais um bom resultado para a Ducati Team no domingo, no Grande Prémio TIM de São Marino e da Riviera de Rimini ao terminar em quarto, a apenas 5,5s do vencedor Valentino Rossi.

O italiano, que partiu da segunda linha da grelha depois de se qualificar em sexto, era já quinto no final da primeira volta, atrás do também piloto Ducati e compatriota Andrea Iannone e só depois disso foi passado por Dani Pedrosa, na quarta volta. Ambos os pilotos passaram para a frente do homem da Pramac Racing, na oitava volta, e depois da queda de Marc Márquez deram por si a lutarem pela terceira posição.
 
Constantemente a estabelecer tempos rápidos, Dovizioso manteve-se colado a Pedrosa até à última volta, mas não conseguiu superar o piloto da Honda e teve de se contentar com o quarto posto, à frente de Iannone, que foi quinto. No final, Dovizioso terminou a 5,510s de Rossi.
 
Dovizioso afirmou: “Estou muito contente. Fiz uma corrida mesmo boa. Este fim‑de‑semana, na verdade, foi muito difícil e não acreditava que podia ter uma corrida tão boa. Gostava de agradecer a toda a equipa porque está a trabalhar muito para tentar reduzir a diferença para os líderes e, aos poucos, temos tido sucesso nisso. Um diferença de cinco segundos na bandeira de xadrez é um sonho, não pensava que fosse possível hoje.”
 
“Não estamos suficientemente perto para lutar com os da frente e ainda temos de rodar no limite toda a corrida. Tentei roubar o terceiro lugar ao Pedrosa até ao final, mas hoje estive mesmo para lá do limite em algumas partes, pelo que o quarto lugar é bom.”
 
O colega de equipa Cal Crutchlow, que partiu da quinta linha, terminou em nono após boa batalha com Álvaro Bautista, Aleix Espargaró e Yonny Hernández.
 
O britânico comentou: “É um resultado desapontante tendo em conta que senti que podíamos ter competido um pouco melhor com alguns dos pilotos que estavam à nossa frente neste fim‑de‑semana. Não tive boas sensações no início da corrida com o depósito de combustível cheio e não conseguia travar bem a moto. Assim que fiquei com menos combustível comecei a ficar mais rápido, mas cometi muitos erros na corrida que talvez me tenham custado uns dez segundos.”
 
“Perto da 20ª volta senti que tinha um problema com o pneu, pelo que abrandei durante duas voltas e verifiquei, depois, quando voltei ao ritmo estava a fazer as minhas voltas mais rápidas da corrida. Espero que tenhamos um melhor fim‑de‑semana em Aragão.”

Tags:
MotoGP, 2014, GP TIM DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI, Andrea Dovizioso, Cal Crutchlow, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›