Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Márquez quer responder em casa

Márquez quer responder em casa

Após o contratempo de Misano, o Campeão do Mundo de MotoGP™ Marc Márquez vai tentar corrigir a mão perante os fãs espanhóis este fim‑de‑semana no Grande Prémio Movistar de Aragão, 14ª jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP™ de 2014.

O evento deste fim‑de‑semana será a quinta visita dos GPs ao circuito de Aragão, que entrou para o calendário em 2010, isto sem esquecer que a corrida de domingo será a 800ª da categoria rainha desde que o Campeonato do Mundo foi introduzido em 1949.
 
O actual líder isolado Márquez ficou de fora da luta pelo pódio quando tentava acompanhar o eventual vencedor Valentino Rossi na última visita à costa do Adriático; o espanhol acabou por terminar em 15º. Márquez ainda conta com uma vantagem 74 pontos na geral quando faltam disputar cinco rondas e o triunfo em Aragão pode deixá-lo mais perto da revalidação do ceptro.
 
Ainda em segundo no Campeonato do Mundo, o colega de equipa de Márquez na Repsol Honda, Dani Pedrosa, vai tentar impedir o líder da geral de aumentar a vantagem na frente da classificação. Vencedor da corrida de Aragão de 2012, Pedrosa teve azar no Grande Prémio do ano passado ao sofrer queda devido ao sensor que se danificou na sequência de toque com Márquez.
 
Para Rossi, a sensacional vitória perante o seu público em Misano surgiu mais de 18 anos depois do primeiro triunfo em Grandes Prémios nas 125cc em Brno, em 1996, fazendo dele o piloto com mais longa carreira vitoriosa nos Grandes Prémios – bateu o recorde do amigo Loris Capirossi.
 
Para o italiano e o colega de equipa na Movistar Yamaha MotoGP, Jorge Lorenzo, a missão é bater outra vez os rivais da Repsol Honda, com Lorenzo ainda apostado na primeira vitória de 2014, isto depois dos recentes quatro segundos lugares consecutivos.
 
Andrea Dovizioso, da Ducati Team, falhou o pódio em Itália, na 13ª jornada, e quer continuar a forma consistentes que tem apresentado, o mesmo se podendo dizer do compatriota e futuro colega de equipa Andrea Iannone (Pramac Racing), que foi quinto na última jornada.
 
Nomes como Aleix Espagaró (NGM Forward Racing), o irmão Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech 3), o colega de equipa de Pol Bradley Smith, Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP), Álvaro Bautista (GO&FUN Honda Gresini) e Cal Crutchlow (Ducati Team) vão estar todos de olhos postos num resultado entre os dez primeiros na corrida de domingo.
 
Enquanto isso, a Drive M7 Aspar deverá contar com o regresso do Campeão do Mundo de MotoGP™ de 2006, Nicky Hayden, na 14ª jornada; o americano volta à acção após longa ausência devido a lesão no pulso.

Tags:
MotoGP, 2014, GRAN PREMIO MOVISTAR DE ARAGÓN

Outras actualizações que o podem interessar ›