Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Primeira vitória do ano para Lorenzo em atribulada 800ª corrida de MotoGP

Primeira vitória do ano para Lorenzo em atribulada 800ª corrida de MotoGP

Jorge Lorenzo levou de vencida a atribulada corrida de seco a molhado em Aragão, batendo  Aleix Espargaró e Cal Crutchlow. A corrida foi paco de queda dos italianos Valentino Rossi e Andrea Iannone, ambos com grandes acidentes, seguindo-se depois as idas ao chão de Dani Pedrosa e Marc Márquez quando começou a chover com mais intensidade.

Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP) venceu com mais de dez segundos de margem depois de avaliar as condições do piso melhor que os rivais, trocando de moto a quatro voltas do final, isto enquanto Espargaró (NGM Forward Racing) bateu Crutchlow (Ducati Team) na linha de meta para completarem o pódio. Os pilotos viram-se forçados a trocar para motos com pneus de chuva nos momentos finais da corrida, quando a chuva começou a cair com mais intensidade e depois de terem iniciado a prova com piso seco.
 
As condições traiçoeiras levaram Andrea Dovizioso (Ducati Team) a cair antes de trocar de montada e foi levado ao centro médico para examinar o trauma na anca. Os colegas de equipa na Repsol Honda, Pedrosa e Márquez, arriscaram ao ficar em pista com slicks nas últimas voltas. Pedrosa caiu e voltou à prova para terminar em 14º, enquanto Márquez foi ao chão pouco depois para terminar em 13º. Os resultados dos pilotos surgiram após as trocas da máquinas.
 
Os cinco primeiros contaram ainda com Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) e Bradley Smith (Monster Yamaha Tech3), que tiraram partido das quedas à frente deles. Smith bateu o colega de equipa Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech3) por 0,203s.
 
A fechar o Top 10 ficaram Álvaro Bautista (GO&FUN Honda Gresini), Hiroshi Aoyama (Drive M7 Aspar), Nicky Hayden (Drive M7 Aspar) e Scott Redding (GO&FUN Honda Gresini).
 
Antes da chuva começar a cair Iannone (Pramac Racing) foi ao chão ao alargar a trajectória quando liderava a prova nos momentos iniciais. Ele ainda manteve o controlo da moto, mas quando entrou na relva molhada acabou cuspido da moto. Rossi (Movistar Yamaha MotoGP) sofreu incidente semelhante, alargando a trajectória e sendo cuspido da moto após entrar na relva molhada. Ele foi levado para a o centro médico, mas foi considerado como estando bem ainda antes de ser transferido para o hospital por precaução e para exames à cabeça.
 
Karel Abraham (Cardion AB Motoracing) desistiu com problema técnico ainda nas primeiras voltas.
 

Tags:
MotoGP, 2014, GRAN PREMIO MOVISTAR DE ARAGÓN, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›