Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Dovizioso termina em quinto enquanto Crutchlow cai na segunda volta

Dovizioso termina em quinto enquanto Crutchlow cai na segunda volta

Andrea Dovizioso assinou mais um resultado possível no Twin Ring Motegi, o piloto da Ducati Team terminou em quinto no final da corrida de 24 voltas.

Partindo da pole, Dovizioso cruzou a meta no final da primeira volta em terceiro, atrás de Valentino Rossi e Jorge Lorenzo. Na nona volta o italiano foi passado por Marc Márquez e por Dani Pedrosa cinco voltas mais tarde, momento a partir do qual conseguiu manter o quinto posto até à bandeira de xadrez.
 
Ele comentou: “Creio que temos de estar contentes com o resultado deste fim‑de‑semana e olha para as coisas de forma positiva. Estivemos muito bem nos treinos e na qualificação, conseguimos uma pole fantástica e estivemos sempre no topo das tabelas de tempos. Estamos a fazer os nossos fãs sonhar outra vez e é óbvio que estamos a criar expectativas, mas ainda não estamos prontos para lutar pela vitória.”
 
“Contudo, foi fantástico fazer as primeiras voltas no grupo da frente. Puxei muito forte, mas quando o pneu traseiro começou a perder já não os consegui acompanhar. É tudo uma boa experiência que nos vai ajudar para o próximo ano e estou muito contente com o trabalho feito até ao momento.”
 
Cal Crutchlow, que partiu da terceira linha depois de se qualificar em oitavo, cruzou a meta em décimo no final da primeira volta, mas na Curva 3 da segunda volta caiu.
 
“Estou muito desapontado com este resultado e lamento muito pela equipa,” reconheceu Crutchlow. “Cometi um erro quase fazendo falsa partida, pelo que quando as luzes se apagaram larguei a embraiagem tarde demais e fiz uma má partida. Tentei recuperar algum tempo porque não queria que os líderes se isolassem muito e puxei demasiado e cometi um erro na linha mais larga à entrada para a Curva 3 e fui ao chão.”
 
“Mas fiquei contente com o meu ritmo este fim‑de‑semana, fizemos um melhor trabalho enquanto equipa, pelo que estou muito desapontado com o resultado. Espero compensar em Phillip Island.”

Tags:
MotoGP, 2014, MOTUL GRAND PRIX OF JAPAN, Cal Crutchlow, Andrea Dovizioso, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›