Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Repsol Honda chega à Austrália em alta

Repsol Honda chega à Austrália em alta

Com a revalidação do ceptro de Marc Márquez ainda bem fresca na memória e conquistada em Motegi – circuito da Honda – a Repsol Honda Team está agora a caminho da Austrália para a 16ª jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP™.

No Japão Márquez foi coroado bi-Campeão do Mundo da categoria rainha, o mais jovem de todos os tempos, e agora todos os olhos estão postos na luta pela segunda posição. Com Dani Pedrosa e Valentino Rossi empatados com 230 pontos e com Jorge Lorenzo agora a apenas três pontos de distância, com 277, a luta será intensa numa altura em que faltam disputar apenas três jornadas.
 
Os dois pilotos da Repsol Honda contam com resultados mistos no passado em Phillip Island; Pedrosa soma uma única vitória, nas 250cc em 2005, um segundo lugar no ano passado e um terceiro em 2009, estes dois no MotoGP™. Márquez também conta com um triunfo, nas 125cc em 2010, e dois terceiros lugares na Moto2™ (2011 e 2012) e está desejoso por esquecer o ano passado depois de ter visto a bandeira preta durante a corrida.
 
O recém coroado bi-Campeão do Mundo de MotoGP™ de 2014 comentou: “O que conseguimos no Japão há uns dias ainda não assentou totalmente. Vencer o Campeonato nos meus dois primeiros anos é um verdadeiro sonho e tenho de agradecer à minha família, à minha equipa, à Honda e à Repsol por toda a entrega e dedicação. Agora podemos relaxar um pouco, mas não em demasia.”
 
“Ainda quero vencer corridas e terminar a época com nota alta. Phillip Island foi um pesadelo para mim no ano passado, pelo que tenho contas a ajustar! Gosto da pista, é muito divertida, pelo que espero que o tempo esteja bom para podermos mesmo desfrutar do fim‑de‑semana.”
 
Pedrosa acrescentou: “A corrida no Japão foi algo frustrante, pelo que estou desejoso por ir para Phillip Island e esquecer a última prova. Testámos lá no início do ano, mas temos de ver como estão as condições agora, alguns meses mais tarde. O objectivo, é claro, é garantir o segundo posto no Campeonato e vou dar os 100% para o conseguir. O traçado é emocionante em termos de pilotagem e as corridas são sempre divertidas, mas espero que não tenhamos os mesmos problemas 2013.”

Tags:
MotoGP, 2014, TISSOT AUSTRALIAN GRAND PRIX, Dani Pedrosa, Marc Marquez, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›