Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Vitória caseira para Miller em Phillip Island

Vitória caseira para Miller em Phillip Island

A corrida de Moto3™ do Tissot Grande Prémio da Austrália foi ganha por Jack Miller perante um muito animado público da casa, com Alex Márquez e Alex Rins também no pódio.

Miller, da Red Bull KTM Ajo, fez prova brilhante desde o oitavo posto da grelha para vencer com 0,029s de margem sobre o rival no campeonato Márquez, com Rins a mais 0,003s de distância do colega de equipa na Estrella Galicia 0,0, em terceiro. Com a vitória Miller reduziu o deficit pontual para 20 pontos quando faltam disputar as corridas de Sepang e Valência.
 
Os adeptos australianos assistiram a mais um intenso duelo de Moto3™, com Miller, Márquez e Rins a rodarem num grande grupo de nove pilotos na frente da corrida e com a liderança a ser trocada constantemente ao longo das 23 voltas da prova.
 
Efrén Vázquez (SaxoPrint-RTG) fez parte desse grupo e falhou o pódio por muito pouco ao terminar em quarto, a 0,012s de Rins.
 
John McPhee (SaxoPrint-RTG) ficou a menos de um décimo de segundo de Vázquez, em quinto, com Alexis Masbou (Ongetta-Rivacold) a 0,018s do escocês, em sexto.
 
Todos os pilotos excepto Miguel Oliveira (Mahindra Racing) rodaram com os pneus frontal e traseiro de composto médio; o português optou pelo dianteiro de composto duro para cruzar a meta em sétimo depois de ter partido de 15º da grelha.
 
Jakub Kornfeil (Calvo Team), Niklas Ajo (Avant Tecno Husqvarna Ajo) e Niccolo Antonelli (Junior Team GO&FUN) completaram o Top 10.
 
Andrea Locatelli (San Carlo Team Italia) e Zulfahmi Khairrudin (Ongetta-AirAsia) foram ao chão no início da segunda volta.
 
Juanfran Guevara (Mapfre Aspar Team Moto3) e Isaac Viñales (Calvo Team) tocaram-se quando lutavam entre os da frente e ainda conseguiram voltar à acção, mas Viñales acabou mesmo por não terminar. Enea Bastianini (Junior Team GO&FUN Gresini) desistiu com problema técnico em Lukey Heights quando lutava pelos pontos.
 
Nas últimas voltas Romano Fenati (SKY Racing Team VR46) sofreu queda, com Danny Kent (Red Bull Husqvarna Ajo) e Brad Binder (Ambrogio Racing) a colidirem pouco depois. Kent e Binder voltaram à corrida, com o último a ganhar um ponto ao terminar em 5º.
 

Tags:
Moto3, 2014, TISSOT AUSTRALIAN GRAND PRIX, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›