Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Iannone lamenta acidente e contacto com Pedrosa

Iannone lamenta acidente e contacto com Pedrosa

Andrea Iannone, da Pramac Racing, deixou a Austrália a zeros após colisão com Dani Pedrosa, da Repsol Honda, no domingo.

Iannone está a ter boa época com a Pramac e conquistou lugar na formação oficial Ducati Team para 2015, mas as coisas não correram como planeado em Phillip Island – ele bateu na traseira da moto de Pedrosa, acabando com a corrida de ambos.
 
O incidente vai ser revisto pela Direcção de Corrida nesta fim‑de‑semana porque Ianone não pôde reunir-se com o Director de Corrida no domingo por estar a receber tratamento médico em consequência da queda.
 
Iannone explicou: “Foi uma corrida muito complicada para mim. Comecei bem, mas o Cal estava lento e toquei-lhe, pelo que na segunda curva estava em 11º. Ao cabo de duas ou três voltas comecei a ficar mais rápido, o grupo manteve-se à minha frente, puxei um pouco mais na Curva 4, mas quando toquei no travão passei o Stefan e a caixa de velocidades não subir e não coloquei a primeira, pelo que toquei no Dani.”
 
“Não estou contente com isto, mas as corridas são assim. É esta a situação e tenho de olhar em frente. Lamento na ter terminado a corrida e também lamento ter acabado com a prova do Pedrosa.”

Tags:
MotoGP, 2014, TISSOT AUSTRALIAN GRAND PRIX, Andrea Iannone, Pramac Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›